.

.

Curta o rei no Facebook

.

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

As relações suspeitas da Secom de Sérgio Macedo e as empresas de publicidade

Blog do Clodoaldo

A Secretaria de Comunicação do Estado teve em 2012 contratos que chegaram a R$ 112.352.667,09 com empresas de eventos, fornecimento de combustível, sonorização e principalmente com agência dSecretário-Sérgio-Macedoe publicidade. Os maiores contratos da Secom foram de R$ 88 milhões com quatro agências, sendo gasto R$ 22 milhões cravados com cada uma.

A primeira empresa vencedora da licitação foi a AB Propaganda e Marketing LTDA. Alex Brasil, proprietário da AB, é muito ligado ao grupo Sarney, principalmente a Fernando Sarney.

Outra vencedora foi a VCR produções e Publicidade LTDA. A VCR é de propriedade de Vanda Torres, amiga antiga da família Sarney. Vanda é amiga da governadora desde os tempos que estudaram juntas no Liceu Maranhense.

A Phocus Propaganda e Marketing, de Daniel Caracas, foi outra que abocanhou R$ 22 milhões da Secom.

Curiosamente, apenas em 2012, o secretário Sérgio Macedo também contratou pelos mesmos R$ 22 milhões a Enter Propaganda e Marketing. Esta mesma empresa de Evilson Almeida, também vencedora de licitação na Prefeitura de São Luis.

Ainda chama a atenção mais um contrato de serviço de publicidade legal. R$ 1.724.726,31 foram pagos a empresa de Imperatriz, Canal Comunicação LTDA, de propriedade de Chefi Braide Júnior. Porém, a Canal tem como um dos acionistas, o filho do secretário Sérgio Macedo, Daniel Macedo.

Não poderia esquecer o famoso Duda Mendonça. A empresa do publicitário das campanhas da governadora Roseana Sarney faturou R$ 6 milhões em 2012. A Mendonça Associados e Propaganda Ltda faz a publicidade da Secretaria Estadual de Saúde. Duda respondia até pouco tempo a ação penal pelos crimes de evasão de divisas e lavagem de dinheiro no processo do Mensalão.

0 comentários :

Postar um comentário