.

.

Curta o rei no Facebook

.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

PSoL de Açailândia realiza encontro municipal

Neste domingo maravilhoso, dia dos pais, no Bairro Jardim de Alá, no salão da paróquia Sagrado Coração de Jesus, o Partido Socialismo e Liberdade (PSoL) da cidade de Açailândia realizou parte de seu programa democrático, o encontro municipal do partido. No encontro houve debate político nos âmbitos: local, estadual, nacional e internacional, onde a partir daí se fez também debate relacionados a questões internas da agremiação, para se eleger os delegados rumo ao congresso estado do partido, que acontece no final de outubro.

Na parte do debate que se refere às conjunturas municipal, estadual e nacional, foram dados maior ênfase para o momento de lutas em que o país está vivendo nos últimos meses, período de lutas e protestos que se multiplica a cada dia. Além da participação dos filiados, contou-se com uma grande participação de simpatizantes da cidade e militantes de São Luís e Macapá. Os simpatizantes aos poucos vão se inserindo no processo de discussão e conhecendo como funciona o partido nesse momento interno.

O Professor Milton Teixeira, que foi o candidato da sigla no ano passado, fez um resgate de como é possível fazer uma campanha eleitoral limpa e com transparência. Ele apresentou sua prestação de contas aos filiados e simpatizantes presentes. E ainda os principais problemas da cidade constatados durante a campanha a pé e de casa em casa.

Uma das questões mais necessárias que este povo precisa resolver para ter uma vida melhor. Ele apresenta com suas palavras indignadas: "Não é possível que possamos aceitar pessoas vivendo desse jeito..." Ele dá uma pausa e mostra nos slides, pessoas que vivem em barracos, nas beiras de grotas da cidade de Açailândia por onde escorrem os esgotos da cidade. E ele acrescenta: "Isso é falta de responsabilidade com o dinheiro público, pois enquanto essas pessoas moram nessa situação, os dois grupos políticos gastaram milhões em suas campanhas eleitorais".

Regivaldo Marques, integrante do partido, conduz o processo que elege professor Milton e Reynaldo Costa como delegados ao congresso estadual. Ainda foram eleitos três suplentes: Almir, sindicalista, Regilvaldo e seu Adonias.

No instante que segue, Reynaldo que esteve como presidente, parte de uma de uma comissão provisória, apresenta a chapa única que foi aclamada pelo restante do plenário para a formar o diretório municipal do PSoL na cidade, que é quem vai conduzir as atividades do partido daqui para frente. Nesse dois anos de coordenação, Reynaldo afirma que o partido está se solidificando a cada ano no país e estado incluindo aí a cidade de Açailândia. E aproveita para mostrar o argumento em números, dizendo que o partido saiu dos 900 votos na campanha eleitoral de 2008, para quase 5 mil votos nas eleições de 2012.

0 comentários :

Postar um comentário