.

.

Curta o rei no Facebook

.

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Sec. de Educação de Buriticupu peita a Câmara e vereadores pedem sua “Cabeça”

Buriticupu - À medida que as evidencias vão surgindo, pior vai ficando a situação. A redação deste blog através de fontes seguras acaba de ser informada que o Vereador Ely Josélio (PMDB), Presidente da Câmara Municipal de Buriticupu, convocou para uma reunião urgente na noite desta segunda-feira (5), maria-jose-ESSAcomo já era previsto, todos os vereadores da base Governista para decidirem o futuro da Educação no Município.

Já é praticamente insustentável a permanência da Sra. Maria José Silva e Silva, à frente da Secretaria de Educação do Município de Buriticupu. O fato é que já estão praticamente esgotadas todas as possibilidades de diplomacia entre a Câmara Municipal, o Palácio Maracajá e a Secretaria Municipal de Educação.

Após matéria publicada por este Blogueiro (Antônio Marcos), o vereador Presidente convocou a bancada Governista para uma reunião em sua residência na noite desta segunda-feira (5), onde trataram única e exclusivamente sobre os descasos com que têm sido tratados os Parlamentares daquele Município pela Secretária de Educação, a Sra. Maria José.

A bancada Governista que dar sustentação ao Prefeito José Gomes Rodrigues (PMDB), hoje é composta por 10 vereadores, dos quais apenas 01 (um) não compareceu à reunião, mas pudera, trata-se do irmão do Prefeito, Ver. Gomes Filho (PMDB), que estar se recuperando de uma cirurgia.

Se fizeram presentes na reunião, os vereadores Ely Josélio (PMDB), Raimundo Filho (PMDB), Erondino Valero (PDT), Abimael Silva (PDT), Irmão Evaristo (PDT), João Fonseca (PSD), Careca (PSD), Ceci (PSD) e Aristides  (PP). Após exaustivas tentativas de sanar a crise, ficou difícil manter a diplomacia, considerando a intransigência e truculência da Secretária e sua turma.

Ely Joselio

Ver. Ely Josélio (presidente da câmara municipal de Buriticupu)

Após ter dado por encerrado a reunião, o presidente Ely Josélio em nome dos presentes, expressamente se dirigiu ao Líder do Governo na Câmara, Vereador João Fonseca da Silva (Pipoca) e exigiu que a Sec. De Educação, Sra. Maria José Silva e Silva disponibilize imediatamente o seu Cargo ao Chefe do Executivo, caso ela assim não proceda e o Prefeito não a exonere, a bem do Serviço Público, o mesmo perderá 90% (noventa por cento) da bancada, ou seja, o prefeito terá que escolher entre os 10 vereadores e a Sec. De Educação.

E AGORA ZÉ?

A situação do prefeito que podia ter evitado toda essa celeuma é muito delicada, uma vez que o mesmo não tem exercido sua autoridade como deveria, deixando que sua gestão virasse uma verdadeira bagunça.

O cenário é esse: Se o prefeito optar por manter a secretaria no cargo perde o apoio da câmara, perdendo o apoio da câmara é apenas um “Palmo de Gato” para uma CPI, uma vez que os rumores já existem.

É como disse o deputado aposentado Luís Vila Nova, ou o prefeito extirpa a banda podre do seu governo ou pagará um preço muito alto.

O OUTRO LADO

Mais uma vez, o Titular desse noticioso blog se coloca a disposição de qualquer um dos citados para esclarecimentos.

Por Antônio Marcos

0 comentários :

Postar um comentário