.

.

.

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Vice-prefeito Roberto Rocha recebe visita de cortesia da vice-cônsul dos Estados Unidos

Estabelecer laços diplomáticos, promover intercâmbio cultural e estreitar relações comerciais foram assuntos discutidos pelo vice-prefeito de São Luís, Roberto Rocha, e a vice-cônsul dos Estados Unidos no Brasil, Amy Reichert de Perez. As tratativas ocorreram durante encontro na manhã desta quinta-feira (12), no Palácio de La Ravardiére.

“A cidade se sente honrada em recebê-la, estamos de portas abertas. São Visita_Consulado_Estados_Unidos_120913_Foto_MauricioAlexandre_ (3)Luís tem seus atrativos. É fundamental essa troca de informações que possam alicerçar possíveis parcerias na área da cultura, turismo, negócios“, disse Roberto Rocha, destacando que a aproximação das relações com os americanos é mais uma possibilidade de parceria que traduz na “melhora do município e da vida das pessoas”.

Vice-cônsul dos Estados Unidos, Amy Reichert ressaltou que a reunião serviu para manter um contato entre o consulado dos EUA, que fica em Recife, e a cidade de São Luís. “Viemos para conhecer a cidade e facilitar o intercâmbio de informação”, afirmou.

O secretário de Turismo, Lula Fylho classificou o encontro como uma aproximação estratégica. “Grande parte dos turistas do mundo são provenientes dos Estados Unidos. Nesse sentido, é importante que eles venham bem mais a São Luís”, afirmou. Ele informou que a partir do dia 15 de novembro deste ano terão início os voos diretos entre Belém e Miami pela empresa TAM.

Com os R$ 133 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Cidades Históricas garantidos para São Luís destinados a melhoria do Mercado Central, da Rua Grande, do Largo do Carmo e das praças da Alegria, João Lisboa, Deodoro e do Pantheon, o presidente da Fundação de Patrimônio Histórico, Aquiles Andrade reforçou dizendo que haverá incremento na oferta de produtos turísticos.

A Missão Diplomática dos Estados Unidos no Brasil busca promover melhores relações bilaterais e cultivar a amizade entre os povos dos dois países. Além da Embaixada em Brasília, há três consulados: Recife, Rio de Janeiro e São Paulo; um Escritório de Comércio dos EUA em São Paulo; um Serviço de Comércio Exterior em Belo Horizonte; além de agências consulares em Belém, Fortaleza, Manaus, Porto Alegre e Salvador.

Também participaram do encontro o presidente Francisco Gonçalves (Fundação de Cultura) e a assessora de Assuntos Internacionais da Secretaria de Governo (Semgov), Ana Paula de Déa.

0 comentários :

Postar um comentário