.

.

Curta o rei no Facebook

.

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

COMUCAA extingue perseguição ao conselheiro tutelar Glen Hilton

Açailândia - O Plenário do COMUCAA / Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Açailândia-MA, em sua assembleia ordinária referente ao mês de outubro de 2013. No primeiro item da pauta, foi discutido o pedido da Conselheira Presidenta da Comissão Especial da Apuração de Vazamento de Denúncia do Disque 100 no caso do pastor Jose Alvez CavalAzeitonacante, Zeneide Alves Leite Gonçalves, pediru a terceira prorrogação de prazo para a conclusão do trabalho. A pós vários conselheiros se manifestarem, a maioria absoluta votaram contra a prorrogação do prazo da Comissão, e extinguindo-a, imediatamente.

O plenário ao final concluiu e admitiu que houve erros flagrantes, e possivelmente imperícia e talvez ate dolo, na condução dos trabalhos de investigação, o que invalidavam e tornavam ilegítima a Comissão, entre outros: a Resolução COMUCAA n.º 021 /2013 teve duas datas de expedição/publicação (20/08 e 20/09, tornando incompreensíveis os prazos: 20/09 ou 20/10; o período entre a resolução baixada pela Diretoria e a assembléia para sua homologação extrapolou o prazo razoável (deveria ser imediata, e não com dezenove dias de intervalo...). atas foram feitas e refeitas varias vezes para que se fosse escrito o que interessava aos conselheiros acusadores. O mais grava o direito de ampla defesa e ao contraditório foi estuprado durante todo o processo. Que ao invés de tentar apurar a verdade tentou condenar a qualquer custo.

imageA assembleia descambou para o bati boca e um constrangedor debate de acusações, com o assessor do COMUCAA, Raimundo Rodrigues,  afirmando que o representante do Fórum DCA Eduardo Hirata, desde o início do ano vem por todos os meios prejudicando o funcionamento dos Conselhos COMUCAA e CONTUA/Conselho Tutelar de Açailândia,  e de justificativas e desculpas recíprocas entre Diretoria e equipe de apoio (assessoria) do COMUCAA, pelos erros cometidos no “processo de apuração do vazamento e ao funcionamento da Comissão”.

Entenda o Caso:

1 comentários :

  1. Caro Rei dos Bastidores: na parte que me toca, devo dizer que de forma alguma venho prejudicando o funcionamento dos conselhos COMUCAA e CONTUA, pelo contrário.

    Basta avaliar o que tem acontecido este ano em ambos os Conselhos, e constatar que os erros cometidos tiveram alerta e advertência anteriores, por nós do Fórum DCA emitidos.

    Triste é que muitas negligências e omissões cometidas neste ano pelos conselhos ainda resultarão em prejuizo para a politica de atendimento dos Direitos de Crianças e Adolescentes de Açailândia.

    Os erros cometidos pelo COMUCAA na condução do caso "vazamento da denúncia do Disque 100" foram absurdos, conforme admitidos pelos(as) conselheiros(as), frutos de um "desencontro" entre a diretoria e a equipe técnica-administrativa...

    Quanto ao encerramento do caso, não se deu, não, pois o plenário decidiu encaminhá-lo à Procuradoria do Município/Comissão de Sindicãncia, com conhecimento ao CONTUA e ao MPE.

    ResponderExcluir