.

.

Curta o rei no Facebook

.

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Gleide teria exigido que pastor seu chefe de gabinete escolhesse entre Deus e a politica

Chefe do Gabinete ESSA

Açailândia - O pastor Manoel do Nascimento Sousa é chefe de gabinete da prefeita de Açailândia, Gleide Lima Santos (PMDB), foi nomeado na cota da igreja Assembleia de Deus COMADESMA, ocorre que um dia após declarar seu apoio a pré-candidatura a deputado estadual, do Pr. José Alves Cavalcante (PSC), seu líder espiritual e presidente do ministério ao qual o Pr 1150157_633599829998059_112808409_nManoel é ligado, o chefe de gabinete foi chamado pela prefeita Gleide Santos para dar explicações.

Confrontado o pastor Manoel foi colocado em posição de escolher entre Deus o ministério pastoral, e o dinheiro, a politica, e o poder, para isso a prefeita teria exigido que o seu chefe de gabinete escolhesse entre seguir o pastor Cavalcante e seu ministério chamado pastoral, ou continuar no governo municipal, sem pestanejar, o pastor teria qual o discípulo Pedro que negou Jesus rês vezes, dito à prefeita que ate o próximo dia 27 entrega a igreja a qual foi chamado por Deus para pastoreia afim seguir o poder e a politica.

leia mais sobre o caso :

11 comentários :

  1. amigo sempre vejo seu blog.
    mais pelo amor de DEUS preste atenção quando você escrever seus texto.

    e só você olhar para esta matéria, que vai ver as falhas nas sua escritas

    pense nisso!!! obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. LIGA NÃO SININGER O QUE IMPORTA E QUE VOCÊ ESTA DIVULGANDO DEIXA ESTE BABACA TODO SABICHÃO DR. PEÃO FALAR O QUE QUISERES. SE CONHECES PEDE PRA ELE MONTAR UM CURSINHO PARA DAR AULAS DE PORTUGUÊS.

      Excluir
  2. se a Gleide aumentar o salario dos professores em 50% e pagar o abono q os ex conselheiros do fundeb + sintrasema diziam q tem ou tinha ! eu voto neste Helio Soares q eu ñ sei nem d onde veio

    ResponderExcluir
  3. Depois de trair o Sergio Vieira, Juscelino, Pastor Cavalcante e o Deusdeth quem será q agora irá salvar a vida politica da Gleide ? pois agora o GRUPÃO e ela Ivaneth espoca urna, zetinha calada, Eulalia bla bla bla e Iranilde sem voto

    ResponderExcluir
  4. Escolher?!!! Qual a diferença entre o "deus dinheiro" que esses "pastores" seguem e a "política" feita aqui? A decisão não é difícil, até porque não há nada para ser escolhido, além de um lado, o dela ou o dos "irmãos". O "dizimo" não está sendo mais suficiente para sustentar a Amarok, o latifúndio, mansão, etc, etc, etc!

    ResponderExcluir
  5. A matéria está errada. Na verdade quem colocou o pr. Manoel na parede foi o Pr. Cavalcante. Depois que ele rompeu com a prefeita, ele exigiu que todos aqueles que fazem parte da direção da igreja entregasse seus cargos na administração municipal. Isso seria uma forma de demonstrar para prefeita a sua força e liderança sobre os pastores da sua igreja.
    Esta decisão foi tomada nas últimas reuniões ministeriais extraordinárias (feitas exclusivamente para tratar de política). Porém o pr. Manoel está demorando para entregar o seu cargo ou pelo menos demonstrou que não queria entregá-lo, daí começou a sofrer pressão da parte do Cavalcante. Para quem conhece o Cavalcante, ele jamais admitiria o pr. Manoel continuar à frente da igreja que dirige, se permanecer ligado a prefeita que agora é sua inimiga política, pois isso colocaria em xeque a sua autoridade.
    Para pressioná-lo indiretamente, alguém ligado ao pr. Cavalcante distorceu a história e passou para imprensa que a prefeita teria pressionado o pr. manoel a decidir se ficaria no governo ou acompanhava o cavalcante.
    A história contada dessa forma livra o Cavalcante de se indispor com a igreja, principalmente com a congregação que o Manoel dirige e quem fica com a batata assando é o pobre do Manoel.
    Entenda a artimanha maquiavélica da matéria:
    Se o Manoel teimar em não deixar a prefeita, o cavalcante toma a igreja dele e ainda fica a impressão para os fiéis da sua igreja de que ele abandonou a obra de Deus em prol do cargo na administração municipal e fica taxado como rebelde e mercenário. Se ele entregar o cargo se queima com a prefeita e volta comer humildemente na mão do cavalcante.
    Por isso, meus irmãos, fique atento, tenhamos muitos cuidado com o que está acontecendo na nossa igreja. O nosso líder perdeu o temor de Deus e agora age como Saul, passando por cima de qualquer um que ouse confrontar a sua autoridade.

    Oremos e vigiemos.

    ResponderExcluir
  6. Esse Manoel deve ser algum zé ninguem q encontrou uma das tetas da prefeitura e fica só mamando e enrolando os irmãos de sua igreja é q se fo...m, oq vale é o dinheiro q esta na sua conta la no BeBe

    ResponderExcluir
  7. O Pr. Cavalcante já abandonou a Igreja pela Política há muito tempo. Hoje ele apenas usa o status da igreja como um trampolim para um cargo político. Agora tem um problema, o povo não vai votar nele, vai ser uma decepção muito grande para ele. Cuidados pastores, Deus não se deixa escarnecer.

    ResponderExcluir
  8. sininginho paga alguem para escrever para vc pois vc e muito ruim.

    ResponderExcluir
  9. Pastor tem que ter cargo na igreja e não teta em prefeitura. Ta mais do que na hora da prefeita devolver todos os pastores para seu devidos lugares. Mas me fale uma coisa;que votos tem mesmo esse pastor manoel? se muito ele tem o dele. kkkkkkkk

    ResponderExcluir