.

.

Curta o rei no Facebook

.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Privatização ilícita: Município de Açailândia privatiza hospital Municipal.

hma-emconstrucao

A Prefeitura de Açailândia privatiza hospital municipal e SAMUR entregando para a empresa Marinho e Mendes LTDA –ME, que segundo consta é da cidade de Imperatriz , o contrato do município com a terceirizada é maior que 5 milhões de reais, o que tem prejudicado o desempenho da saúde em Açailândia.

Na área da saúde isso não pode acontecer. Não se pode privatizar ou terceirizar, não se pode abrir licitação, especialmente nessa modalidade denominada Pregão, para contratar profissionais que estão vinculados à atividade-fim da Administração”.images (1)

Os Município não podem contratar trabalhadores intermediados por pessoas físicas ou jurídicas, de direito público ou privado, ou por qualquer outra entidade pública ou privada que se qualifique ou não como Organização Social (OS) e Organização Social de Interesse Público (OSCIP), ou, ainda, por cooperativas, para qualquer trabalho relacionado às atividades essenciais, permanentes e finalísticas dos seus serviços de saúde.

A privatização feita em Açailândia transfere para uma empresa particular a responsabilidade de gerir a contratação e o trabalho dos médicos no município, o que vem colocando em risco a saúde da população, já que os recursos financeiros estão indo diretamente para os bolsos da empresa que privatizou o serviço pela bagatela de mais de 5 milhões de reais.

4 comentários :

  1. QUE ABSURDO!!! MINISTERIO PUBLICO DE AÇAILANDIA ATENTE-SE PARA ESSA CASO SORDIDO.

    ResponderExcluir
  2. rapaz a Gleide vendeu o SESP, mais em qual buraco ela vai enfiar o dinheiro ? ui mana !

    ResponderExcluir
  3. a saúde de Açailândia vai de mal a pior.....

    ResponderExcluir
  4. a idiotice aqui é notável, tanto do blogueiro quanto dos "comentaristas políticos anônimos" do blog.
    aguem sabe o que é PPP?
    pesquisem por favor...
    significa Parceria Público-Privada

    ResponderExcluir