.

.

.

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

COMUNIDADE DO PIQUIÁ DE BAIXO RECEBE MOÇÃO DE APOIO DA CAMARA DOS VEREADORES

IMG_1653

A Associação Comunitária dos moradores do Piquiá de Baixo irá receber hoje a noite, na sessão ordinária da Câmara dos vereadores de Açailândia, uma moção de apoio as lutas e ao processo de reassentamento, assinada por todos e 17 os vereadores.

O anuncio oficial foi dado ontem pela presidenta da casa Vereadora Lenilda Costa em uma reunião com a presença do Promotor Dr. Leonardo Tupinambá, os secretários de governo Dr. Rocha Neto, Dr. Leonardo Queiroz, o Procurador do Municipio Dr. Idelmar Mendes, representantes do SAAE além de vereadores e mais de vinte representantes da comunidade.IMG_1666

A moção de apoio por parte da Câmara dos vereadores é um documento politico de extrema importância que coloca o legislativo açailandense ao lado dos moradores na luta para moradia digna e saúde.

Nesse mês de dezembro muitas foram as atividades e os acontecimentos ligados ao processo de reassentamento dos moradores do bairro.

Foram realizadas reuniões importantes nos dias 3 e 4 de dezembro em São Luis com a presença de representantes da Caixa Econômica Federal da capital maranhense e de Brasília, além de reuniões com as secretarias de estado de direitos humanos e das cidades e reuniões com a Defensoria Publica do Estado. Nessas oportunidades foi entregue a CEF o projeto urbanístico habitacional, elaborado por arquitetos de São Paulo juntamente com os moradores, para aprovação.

No dia 5 de dezembro em Brasilia, a comunidade recebeu o apoio por parte da secretaria de habitação do governo federal Dra. Inês Magalhães que se declarou muito interessada com o desenvolvimento do projeto urbanístico e assegurou o apoio pessoal e do governo federal.

No dia 11 de dezembro o juiz da primeira vara da comarca de Açailândia Angelo Antonio Alencar dos Santos emitiu a sentença confirmando o decreto de desapropriação do terreno para o reassentamento e estabelecendo o novo valor de avaliação do mesmo.

No dia 12 de dezembro a associação de moradores através de um ato publico colocou uma placa a beira da BR 222 indicando o lugar do futuro reassentamento.

Hoje a Associação Comunitária dos Moradores receberá também o apoio oficial do poder legislativo açailandense. A luta e a caminhada da comunidade continuam rumo a construção do novo bairro.

0 comentários :

Postar um comentário