.

.

Curta o rei no Facebook

.

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

G1 confirma péssima Gestão de Bragatto, e coloca Açailândia como a 45ª cidade que mais demitiu no Brasil.

Uma matéria do portal G1 vinculada em todo país confirma o que o Blog Rei dos Bastidores já tinha 617dc747ff96a99ed46561b954fe28d1_thumb[11]alertado “ Açailândia tem geração de emprego negativo na gestão de Bragatto na indústria e comercio 2013 ”. O que é pior Açailândia ficou na 45ª posição no ranque nacional das cidades que mais demitiram em 2013, sendo a única cidade do Maranhão a fazer parte deste lamentável e vergonhoso ranque, nunca podíamos imaginar que a atual gestão da equipe do secretario Nelson Bragatto, A frente da secretaria de indústria e comercio, teria conseguido este recorde negativo para a grande cidade do Ferro. Veja abaixo a matéria na integra do portal G1:

 

G1 - Apenas dez cidades concentraram 25% das vagas formais criadas em 2013 no Brasil, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho. Em todo o país, as contratações formais superaram as demissões em 1,1 milhão, uma queda de 14,4% em relação ao mesmo período de 2012.

Dessas vagas, 278,2 mil – 24,8% do total – foram criadas em dez cidades: São Paulo, Rio de Janeiro, Manaus, Fortaleza, Brasília, Goiânia, Guarulhos (SP), Salvador, Altamira (PA) e Porto Alegre. A cidade de São Paulo continua na liderança do ranking, com 83,6 mil novos postos de trabalho abertos no ano passado, seguida pelo Rio de Janeiro (48,9 mil) e por Manaus (22,8 mil).

As cidades que mais tiveram crescimento na criação de vagas entre as 50 que mais contrataram foram Itabirito (MG), onde houve alta de 1.378%; Marabá e Canaã dos Carajás, ambas no Pará, com alta de 732% e 424%, respectivamente.

Na classificação por estado, São Paulo foi o que mais abriu vagas, com 267,8 mil. O Rio de Janeiro ficou em segundo lugar, com 100,8 mil, e o Paraná ficou em terceiro, com 90,3 mil no saldo de contratações.

Demissões
Entre as cidades que mais demitiram, Porto Velho (RO), Parauapebas (PA), Paulínia (SP), Salgueiro (PE), São Lourenço da Mata (PE), Joaquim Nabuco (PE), Nova Lima (MG), Coruripe (AL), São Miguel dos Campos (AL) e Matão (SP) lideraram.

Confira abaixo as listas das 50 cidades que mais geraram postos de trabalho em 2013 e as 50 que mais demitiram no período (nesse caso, é enumerado o saldo de vagas, ou seja, a diferença entre contratações e demissões). As capitais estão em negrito.

50 CIDADES QUE MAIS CONTRATARAM EM 2013:

São Paulo (SP): 83.614
Rio de Janeiro (RJ): 48.974
Manaus (AM): 22.805
Fortaleza (CE): 21.217
Brasília (DF): 19.718
Goiânia (GO): 18.777
Guarulhos (SP): 16.833
Salvador (BA): 16.738
Altamira (PA): 15.053
Porto Alegre (RS): 14.440
Curitiba (PR): 11.673
Recife (PE): 10.666
Sorocaba (SP): 9.696
Aracaju (SE): 9.326
Ribeirão Preto (SP): 8.527
Teresina (PI): 8.158
Campo Grande (MS): 7.602
Florianópolis (SC): 7.601
Maringá (PR): 7.232
João Pessoa (PB): 6.958
Contagem (MG): 6.908
Três Lagoas (MS): 6.713
São Luis (MA): 6.657
Campinas (SP): 6.554
Joinville (SC): 6.491
Santo Andre (SP) 6.389
Uberlândia (MG): 6.049
Sobral (CE): 6.048
Cuiabá (MT): 5.724
São José (SC): 5.433
Niterói (RJ): 5.025
Serra (ES): 5.022
Londrina (PR): 4.840
Nova Iguaçu (RJ): 4.839
Anápolis (GO): 4.748
Campos dos Goytacazes (RJ): 4.734
Montes Claros (MG): 4.623
São Bernardo do Campo (SP): 4.558
São Gonçalo (RJ): 4.556
Macaé (RJ): 4.550
Gravataí (RS): 4.496
Canaã dos Carajás (PA): 4.488
Feira de Santana (BA): 4.416
Barueri (SP): 4.249
Maragogipe (BA): 4.227
Marabá (PA): 4.136
Caruaru (PE): 4.135
Itabirito (MG): 4.080
Osasco (SP): 3.857
Cascavel (PR): 3.712

50 CIDADES QUE MAIS DEMITIRAM EM 2013:

Porto Velho (RO): -8.112
Parauapebas (PA): -5.795
Paulínia (SP): -3.891
Salgueiro (PE): -3.402
São Lourenço da Mata (PE): -2.935
Joaquim Nabuco (PE): -2.845
Nova Lima (MG): -2.539
Coruripe (AL): -2.511
São Miguel dos Campos (AL): -2.232
Matão (SP): -2.135
Queimados (RJ): -1.545
Itapetinga (BA): -1.506
Duque de Caxias (RJ): -1.451
Jaguariúna (SP): -1.409
Ouro Branco (MG): -1.399
Cerro Negro (SC): -1.397
Itapiranga (AM): -1.260
Cotia (SP): -1.233
Bebedouro (SP): -1.220
Dias D'Avila (BA): -1.177
Ipatinga (MG): -1.164
Carmópolis (SE): -1.142
Itaquitinga (PE): -1.112
Itabira (MG): -1.087
Itaguaí (RJ): -1.055
Biritiba-Mirim (SP): -1.052
Marabá Paulista (SP): -1.003
Jaboticabal (SP): -974
Diadema (SP): -937
Volta Redonda (RJ): -916
Pontal do Parana (PR): -901
São Caetano do Sul (SP): -901
Pirassununga (SP): -866
Araucária (PR): -845
Belo Horizonte (MG): -843
Sapiranga (RS): -818
Pedregulho (SP): -813
Cajamar (SP): -810
Colômbia (SP): -809
São João da Barra (RJ): -787
Colônia Leopoldina (AL): -767
Ferreira Gomes (AP): -765
Bezerros (PE): -763
Simões Filho (BA): -747
Acailândia (MA): -739
Capela (SE): -723
Nova Canaã do Norte (MT): -700
Juquiá da Praia (AL): -695
Sidrolândia (MS): -693
Catanduva (SP):  -670

http://g1.globo.com/economia/noticia/2014/01/veja-cidades-que-mais-contrataram-e-mais-demitiram-em-2013.html

2 comentários :

  1. Mas aposto que ele continua recebendo seus dez mil todo mes.

    ResponderExcluir
  2. Recendo dez mil e mais a fortuna que ele recebe da tal empresa que ele loca maquinas para prefeitura. E olha se não tem mais coisas por ai. È assim, pra um não tem nada e pra outros extrapolam.

    ResponderExcluir