.

.

.

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Wellington do Cruso usa desgraça alheia para fazer campanha eleitoral

wwwwwwwwwww

Wellington do Cruso não tem o discernimento de solidariedade e aquilo que transcende o necessário.

Podem até pensar que o Blog esteja perseguindo o multi Wellington do Curso (empresário/festeiro/politico), dono do maior e mais badalado curso preparatório de São Luís. Mas, é que o cara não anda nos trilhos da política, ainda não entendeu como funciona a didática. Na obsessão de tentar chegar à Assembleia Legislativa vive acumulando vaciladas.

Primeiro, Wellington usou imagem de estudantes do curso particular pra se promover politicamente“, logo em seguida “Pra associar a imagem à de Eliziane Gama, “virou” Deputado Estadual“, só que nem de longe, as duas anteriores, se aproximam da última.

Na última quarta-feira(08/01) Márcio Ronny da Cruz, 37 anos, que teve 72% do corpo queimado ao tentar salvar duas crianças de dentro de um ônibus após ataque na Vila Sarney Filho, foi transferido de São Luís para um hospital de Goiânia especializado em queimados. O transporte ocorreu por um avião, o embarque aconteceu no Aeroporto Marechal Cunha Machado.

Pois adivinhem quem decidiu aparecer por lá? Sabedor que o assunto é o mais comentado no Estado do Maranhão e na grande imprensa Nacional, Wellington do Curso, que entende muito bem de mídia, teve a audácia de aparecer para “ajudar”, ou melhor, tirar uma casquinha, no transporte do paciente.

E funcionou! As fotos de inúmeros blogs e jornais, principalmente, as imagens na TV de várias emissoras, inclusive nacionalmente, expuseram o parvo “empresário/festeiro/politico” dando uma de maqueiro de paletó. Coisa ridícula. Patética! Wellington não precisava disso.

Pra quê isso? Alguém de diga!

É nessa situação que o nobre aproveitador de causas, deveria ter o discernimento de solidariedade e  aquilo que transcende o necessário; Que é demais, demasiado.

Se alguns criticaram severamente o que interpretaram de politização partidária da crise da Segurança no Estado do Maranhão, o que então dizer do supérfluo Wellington do Curso?!

Fonte DOMINGOS COSTA

0 comentários :

Postar um comentário