.

.

Curta o rei no Facebook

.

quinta-feira, 27 de março de 2014

Ex-vereador é condenado a 8 anos de prisão em Cidelândia

O ex-vereador Edes Alves Feitosa, do município de Cidelândia, distante 72 km de Imperatriz, foi a júri popular popular na manhã desta terça-feira (25). Ele foi condenado a 8 anos, mas vai recorrer da sentença em liberdade.

Edes foi julgado pela acusação de tentativa de homicídio, cujas vítimas foram o então secretário de Saúde do município de Cidelândia, Pedro Pereira Carvalho de Sá, na ocasião com 60 anos, e o filho dele, Gilmar Ribeiro de Sá, que tinha 30 anos. O crime duplo aconteceu no dia 16 de abril de 2006 e na ocasião Edes Alves Feitosa era o presidente da Câmara Municipal de Cidelândia. Segundo os autos do processo, a motivação do crime na época, foi porque o vereador irritou-se com o farol alto de um veículo que chegou à casa do secretário, vizinha ao bar em que estava bebendo. Na discussão Edes Feitosa atingiu Pedro de Sá com uma facada, que atingiu o baço. Dois golpes foram desferidos em Gilmar, nas costas e em um braço. As vítimas foram socorridas e trazidas para Imperatriz, onde foram submetidas a intervenções cirúrgicas e não morreram.

.

0 comentários :

Postar um comentário