.

.

Curta o rei no Facebook

.

sábado, 15 de março de 2014

Jovens Açailandenses matam Taxista com 25 facadas

Foi preso na última terça feira (11) Damião da Silva Santos Lago, 23 anos, em Araquari, Norte de Santa Catarina. O jovem de Açailândia no Maranhão é suspeito de assassinar o taxista Miguel Ramos Martins, 51 anos. O taxista foi morto com cerca de 25 facadas nas costas no último dia 3 de março. O motivo: não tinha troco para r$ 100,00 reais.

12-03-2014-10-00-59-e-daniela-kamila-e-damiao-assassinos-taxista-luciano-moraes-11-03-2014-3-Os jovens, Damião, Daniela da Silva Santos Lago, irmã de Damião, Camila Alves Veiga e uma menor de apenas 16 anos que não teve a identidade revelada, todos de Açailândia havia embarcado em um taxi no dia do crime em frente a uma boate, em Santa Catarina. Eles teriam apresentado uma nota de R$ 100,00 reais para pagar a corrida. Ao serem informado que o carro era rastreado eles pediram para descer, no bairro Floresta, de lá então, entraram no taxi de Miguel.

A principio os mesmo negaram ter executado o taxista, mas diante das evidências apresentadas pela a Polícia Civil, os quatros envolvidos, afirmaram para a policia que o taxista ao receber uma nota de R$ 100,00 tinha dito que não possuía troco. A corrida, segundo informações, havia dado menos que R$ 40,00 reais. Logo a falta de troco tornou-se uma discussão generalizada e Damião, que afirma estar embriagado durante o episódio agrediu o taxista a facadas. Segundo o apurando, Damião já tem passagem pela a polícia por roubo.

A informação foi repassada pelo delegado responsável pelo caso, Rodrigo Aquino Gomes, que prendeu o acusando. Além de Damião foi presa as três mulheres que estavam com ele no taxi no momento do ocorrido. O acusado confessou a autoria do crime foi indiciado por homicídio qualificado por motivo fútil e traição, pois não houve possibilidade de defesa da vítima. Daniela da Silva Santos Lago, Camila Alves Veiga que estavam no taxi tiveram a prisão temporária decretada.

A adolescente de apenas 16 anos, que também estava no veiculo foi ouvida e liberada. Vai responder um termo circunstanciado. Por conta do assassinato covarde do profissional, taxistas protestaram e pediram mais segurança. A classe e a Polícia debateram um planejamento que visa mais segurança para a categoria.

2 comentários :

  1. Essa moça do lado esquerdo trabalhava na big ben ate dia desse.

    ResponderExcluir
  2. sininger pq ninguem consegue mais ver as postagens no seu blog?

    ResponderExcluir