.

.

Curta o rei no Facebook

.

segunda-feira, 31 de março de 2014

Militares em Greve interditam acesso à indústria de papel e celulose

IMPERATRIZ – Os policiais e bombeiros militares do Estado do Maranhão decidiram suspender as operações e decretar greve desde da última quarta-feira(26). Após cinco dias de paralização os manifestantes interditaram, coom faixas na manhã desta segunda-feira (31), por volta da 6h, a entrada dea indústria de papel e celulose, localizada nas margens da Estrada do Arroz. Centenas de trabalhadores tiveram que voltar devido ao protesto, a intenção da categoria é tentar negociar as pautas da greve com o governo estadual.

Em Imperatriz a Rua Leôncio Pires Dourado, principal via de acesso ao bairro Bacuri, também, continua interditada. Os policiais então em frente ao 3º Batalhão da PM.

No último sábado pela manhã os policiais fizeram uma carreata pelas principais ruas de Imperatriz, alertando a população dos cuidados que precisam ser tomados, já que que boa parte do efetivo policial aderiu a paralisação.

De acordo com alguns trabalhadores da indústria, que não quiseram se identificar, em razão do protesto de policiais e bombeiros somente os funcionários que chegaram antes das 6h conseguiram entrar na indústria.

A principal desejo da categoria é reajuste salarial, além de estrutura para desenvolver o trabalho pelas as ruas. A reivindicação se deve ao reajuste de 7% concedido pelo governo do Estado à categoria. Os policiais querem reajuste de 18% e questões relativas à jornada de trabalho.

A paralisação do PMs o policiamento nas ruas estar sendo feito a pé com os policiais nomeados recentemente.

0 comentários :

Postar um comentário