.

.

Curta o rei no Facebook

.

terça-feira, 10 de junho de 2014

Francisco Escórcio trata da situação dos trabalhadores de vans da Região Tocantina

Um encontro ocorrido na manhã desta sexta-feira (6), na sede do Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (INMEQ/MA), em São Luis, serviu para definir um conjunto de diretrizes e estabelecer um diálogo entre várias entidades estaduais e federais com os trabalhadores de transporte alternativo do Sul do Maranhão.

A reunião foi uma proposta do deputado federal Francisco Escórcio (PMDB-MA), que tem se mostrado sensível e preocupado com a situação em que se encontram as cooperativas de vans daquela região. “Precisamos olhar por essa categoria de trabalhadores que têm sido prejudicados em suas atividades diárias”.

Estiveram presentes o secretário adjunto de Transportes da Sinfra, Hilário Filho; o presidente do INMEQ, Jones Braga, o coordenador da Agência Nacional de Trânsito e Transportes (ANTT), Cleópas Coelho Cunha; além de vários representantes dos municípios de Imperatriz, Açailândia, Porto Franco, Estreito e equipe técnica do INMEQ.

Entre as principais reivindicações, está à regularização do transporte público alternativo intermunicipal de passageiros do estado do Maranhão, a parceria junto aos governos no intuito de buscar melhorias na oferta dos serviços das cooperativas e dos sindicatos, maior rigor na fiscalização dos transportes de categoria particular ou de aluguel de outros estados, revisão dos trâmites para liberação dos documentos CRLV e a instalação de um posto de ensaio em Imperatriz, para que seja feita a aferição do cronotacógrafo dos veículos daquela região, já que nesses dois últimos casos, eles precisam se deslocar até São Luis para conseguir fazer o serviço e obter a documentação.

Na ocasião, o deputado ressaltou a importância do diálogo com a presença de vários segmentos ligados à área, para que haja um entendimento entre ambas as partes, visto que a sociedade do Sul do Maranhão é que será a maior beneficiada. “É salutar que estejamos juntos nesta luta. Faço parte da base dos governos estadual e federal, mas não posso me calar diante dessa problemática que aflige esses trabalhadores que tiram o sustento de suas famílias do transporte alternativo e principalmente da população que utiliza esse meio para se deslocar e acaba sendo prejudicada pelas condições de serviço que hoje são oferecidas”.

“Sou os olhos e ouvidos dos governos da Roseana e da Dilma na Região Tocantina. Temos acompanhado e lutado nesses últimos anos pelo crescimento não só de Imperatriz como de todo o Sul do Maranhão. Hoje aqui, estamos tratando sobre o assunto, com representantes e técnicos estaduais e vou procurar em Brasília, todos os órgãos competentes e cobrar deles uma resposta imediata para essas questões”, informou Chiquinho, lembrando do momento em que vive o Maranhão, com tantos avanços e obras grandiosas em que estão sendo alocados recursos de bilhões de reais, como a da travessia urbana em Imperatriz, a duplicação da BR – 010 de Açailândia a Imperatriz, a operacionalização da Suzano Papel e Celulose, a duplicação da BR-135 que agora vai se estender até Miranda, a Refinaria Premium em Bacabeira, a Ferrovia Norte-Sul, além de outras.

O diretor do INMEQ-MA, Jones Braga avaliou a reunião como positiva e destacou o comprometimento de Escórcio. “Em trinta anos de vida pública, é a primeira vez que vejo um parlamentar tomar essa iniciativa de trazer a representatividade de uma categoria para discutir melhorias. O deputado Chiquinho é atuante em prol do povo maranhense. Ele já havia me relatado há uns dois meses sobre essa situação. Diante disso, já estamos providenciando junto ao INMETRO e a Prefeitura de Imperatriz, a construção de uma agência naquela cidade”. Ele informou ainda que já existe um escritório funcionando na região.

O vice-líder do PMDB na Câmara Federal pediu que os órgãos se debruçassem sobre a pauta, para dar uma resposta à classe. Ao final, ficou acertada uma nova reunião com os técnicos dos órgãos para apresentar as soluções e deliberar as ações.

0 comentários :

Postar um comentário