.

.

Curta o rei no Facebook

.

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Prefeita Gleide inaugura “Restaurante Popular Municipal” no Centro de Açailândia.

restaurante3[4]

Açailândia - A população de Açailândia está sendo beneficiada com comida de qualidade ao preço de apenas R$ 2,00, ofertada pelo Restaurante Popular do Centro da Cidade. O restaurante, que funciona na Rua Marly Sarney, esquina com Castelo Branco, Centro, com funcionamento das 11h às 13h00, foi inaugurado neste Sábado (06), pela Prefeita Gleide Lima Santos e pela secretária de Assistência Social (Semas), Zetinha Sampaio e nesse primeiro momento servirá 200 refeições diárias.

restaurante6Essa importante ação do governo municipal beneficiará uma grande parcela da população açailandense, principalmente, trabalhadores do centro comercial da cidade que antes desembolsava mais de 10 reais em uma refeição, ou então precisaria se deslocar para outros bairros distantes no intervalo de almoço.

A cerimônia de inauguração contou com a participação de secretários municipais e da ilustre presença do deputado estadual Hélio Soares (PMDB), e dos vereadores Fábio Pereira e Sarney Moreira.

A prefeita Gleide Santos ficou muito satisfeita em poder cumprir mais essa meta estabelecida em seu plano de governo, em uma data festiva, como são as comemorações do aniversário de 33 anos de emancipação política de Açailândia. "Estamos felizes de inaugurar aqui no centro da cidade esse restaurante popular, que vai beneficiar a população trabalhadora dessa cidade, principalmente, aquela de baixa renda, com alimentação de qualidade. As pessoas aqui pagarão somente R$ 2,00 e o governo municipal vai bancar o restante, além de garantir a manutenção desse trabalho social, antes reprimido”, disse Gleide.

restaurante1

A Prefeita destacou também que todas as ações do governo são pautadas em garantir melhor qualidade de vida para a população, com a geração de emprego e renda para todos, mas também acha ser necessário incrementar políticas sociais que garantam a alimentação na mesa das pessoas mais carentes do município.

Gleide aproveitou para convidar os jovens presentes a fazer parte dos inúmeros projetos voltados para a juventude em parceria com o Pronatec que irá indicar o ingresso no Primeiro Emprego e aproveitar as vagas de trabalho que estão sendo geradas com os investimentos que estão sendo instalados na cidade e os que ainda vão se instalar no Maranhão. "Queremos que os nossos jovens estudem, façam cursos e aproveitem essas oportunidades", disse.

A secretária Zetinha Sampaio informou que no local também serão oferecidas ações de saúde e educação nutricional. O público alvo do restaurante são trabalhadores formais e informais, idosos, estudantes, desempregados, população de rua e pessoas que se encontram em situação de risco ou vulnerabilidade alimentar. Atualmente, além do restaurante municipal do centro da cidade, está em funcionamento também nos bairros, o Projeto Resgate, que funciona de forma diferenciada para as famílias de baixa renda nos bairros, Capeloza, Novo Bacabal, Piquia e Vila Ildemar. "Para os próximos dias já temos projeto para a implantação de dois novos restaurantes do Projeto Rerestaurante2sgate, um no Plano da Serra e outro no Bairro do Jacu", informou Zetinha.

O restaurante popular municipal, instalado em uma área de 37 metros quadrados é adequado às normas do Ministério de Desenvolvimento Social (MDS), produz e vende 200 refeições diárias, alimentação em quantidade suficiente para uma boa nutrição e preparada por uma equipe de cozinheiros com supervisão de nutricionistas, em ambiente limpo e seguro. O cardápio é variado, os alimentos são frescos, mantendo a qualidade nutricional e vistoriada pela Nutricionista chefe do espaço, Dra. Rosilene David. Os alimentos são comprados da Agricultura Familiar da região, direto das hortas e polos agrícolas.

A implantação e manutenção do Restaurante Popular Municipal e dos restaurantes incluso no Projeto Resgate estão previstos na ação de Unidade de Fornecimento e Distribuição de Alimentos, incluída na Política de Segurança Alimentar e Nutricional, com base na Lei Estadual nº 8541, de 26 de dezembro de 2006.

0 comentários :

Postar um comentário