.

.

Curta o rei no Facebook

.

terça-feira, 1 de julho de 2014

Um jeito novo de fazer política

Por Carlos Wellington 

Sou pré-candidato a uma vaga de Deputado Estadual e hoje é um dia muito importante em minha vida, pois está sendo realizada a convenção do PPS, partido do qual orgulho-me de ser vice-presidente da Executiva Nacional e presidente municipal. Por este partido,100% de mim, enquanto estiver afinizado com meus princípios e minha ética.

Hoje, 30 de junho – após 2 anos – me veio à memória um episódio na minha vida, no qual o meu direito como cidadão que sou de votar e ser votado foi cruelmente violado; quando nas últimas eleições, fui impedido de candidatar-me a vereador, sendo vítima dos piores sentimentos humanos: inveja, falsidade, covardia e intransigência.

Ainda não sabia, à época, quando as pessoas estavam sorrindo para mim ou de mim. Hoje sei  perfeitamente que nossas atitudes são o espelho do nosso caráter.

Na oportunidade, filiado ao PSL, fui impedido, de forma antidemocrática, de concorrer ao pleito de 2012. Nem sequer pude participar da convenção do partido o qual era filiado e havia concorrido em 2010 para Deputado Federal.

Tenho certeza absoluta que é possível acreditar no novo e na mudança para melhor. Desacreditar disso é o mesmo que desacreditar de nossos ideais. Portanto, o episódio narrado deu-me forças para lutar pelo fim ou amenização da constante violação dos direitos que nós, cidadãos, sofremos. Aquele foi um dos piores dias já vividos por mim. Saí da convenção humilhado e descrente dos ideais políticos, mas não na sociedade.

Percebi que, na política, há aqueles que caminham por estreitas veredas: são os políticos preocupados em mudar a sua situação presente. Infelizmente, algumas pessoas têm preço, eu tenho valores. Não desisti e recorri à Justiça Eleitoral, na tentativa de reparar o desrespeito aos meus direitos, concorrendo, assim, à eleição sub judice. Com essa experiência, pude perceber o quanto represento e carrego os anseios do povo maranhense, especialmente os ludovicenses, que me agraciaram com seus votos de confiança.

A lição que tirei de tudo isso, compartilhei com os eleitores que me prestigiaram com seus votos conscientes. Essas pessoas de bem que comungaram dos mesmos ideais e agregaram novos aliados. É por isso que jamais devemos desistir. Devemos sonhar sim, mas sem perder o chão e a meta de vista, sempre acreditando na RENOVAÇÃO E NA

POSSIBILIDADE DE MUDANÇA POLÍTICA. A alternância de poder é essencial para uma democracia saudável; e é em nome dela que hoje alegro-me com a possibilidade de representar os maranhenses no Legislativo Estadual, buscando através de um jeito novo de fazer política: com independência e coerência!

0 comentários :

Postar um comentário