.

.

Curta o rei no Facebook

.

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Ótica Turmalina de Imperatriz, aplica golpe da compra casada em comunidades carentes de Açailândia

O crime de venda casada vem acontecendo no município de Açailândia e imperatriz, onde a Ótica Turmalina está sediada, o Golpe aplicado na Vila Ildemar bairro periférico de Açailândia está semana, atraiu varias pessoas da comunidade carente para uma consulta Oftalmológica com um homem que se identificava pela alcunha de Britão, e uma vendedora ainda não identificada pela reportagem, ambos prestadores de serviço para a ótica Turmalina, situada a Rua Ceara 619 centro de Imperatriz.

20140724_154529A suposta consulta era trocada por um quilo de alimento não perecível, o que atraiu dezenas de pessoas de baixo poder aquisitivo e aposentados, que logo após receber de Britão o formulário da receita, eram coagidos a efetuar a comprar dos óculos ali mesmo, no salão de uma igreja onde se realizava a consulta, no caso do paciente se negar a comprar o óculos, tinha a receita tomada, retida, e saia do local sem o quilo de alimento e sem a receita da consulta, com a indicação do grau para fazer o oculos em qualquer outro lugar que tiver preços melhores.

No Brasil, a venda casada é expressamente proibida pelo Código de Defesa do Consumidor (art. 39, I), constituindo, inclusive, crime contra as relações de consumo (art. 5º, II, da Lei n.º 8.137/90). Pode ser enquadrados na lei 11.137, crime previsto no artigo 15, inciso 02, que prevê uma pena de detenção de três a cinco anos.

0 comentários :

Postar um comentário