.

.

Curta o rei no Facebook

.

sábado, 16 de agosto de 2014

corpo de Eduardo Campos será enterrado às 17 h de domingo.

O corpo do presidenciável do PSB, o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, chegou na noite de sábado (16) ao Recife, onde será velado no Palácio das Princesas antes de ser enterrado às 17 horas deste domingo (17) ao lado da sepultura do avô Miguel Arraes, no cemitério de Santo Amaro. O governo do Estado trabalha com a possibilidade de que o funeral reúna mais de 100 mil pessoas.

555989x2zwvp0uxc6fz8ofwkfSua esposa, Renata Campos, recebe o corpo do marido acompanhada dos cinco filhos e de Marina Silva, que deve assumir a liderança da chapa do PSB no lugar do ex-governador. Esta foi a primeira vez que Renata deixou a casa da família, no bairro Dois Irmãos, desde morte do marido, aos 49 anos, na queda de uma aeronave Cessna 560 XL na quarta-feira (13) em Santos, no litoral de São Paulo.

O acidente aconteceu exatamente nove anos depois da morte de seu avô em 13 de agosto de 2005. Também morreram no acidente o assessor de imprensa Carlos Percol, o assessor Pedro Valladares Neto, o cinegrafista Marcelo Lyra, o fotógrafo Alexandre Severo, o piloto Marcos Martins e o copiloto Geraldo M. P. da Cunha.

Marina e Renata, que carregava no colo o caçula Miguel, de 6 meses, não falaram com a imprensa. Os filhos Maria Eduarda, João, Pedro e José Henrique vestiam uma camisa amarela com a frase: “Não vamos desistir do Brasil”, dita pelo pai em entrevista dada ao Jornal Nacional na noite da véspera do acidente. A frase será o lema do PSB na campanha daqui para frente, segundo o presidente do partido, Roberto Amaral.

4a4ganyxi8cok8q1ad3pv1jthMarina, apontada por Amaral como única alternativa analisada pelo PSB para substituir Campos na disputa até o momento, chegou no sábado (16) à casa da família do ex-governador por voltas das 19h30. Lá dentro, abraçou demoradamente a viúva do companheiro de chapa. As duas se emocionaram, mas não chegaram a chorar, segundo relato do deputado Miro Teixeira (PROS-RJ).

Os corpos das vítimas foram transportados por três aviões da FAB com destino ao Recife (PE), Governador Valadares (MG) e Maringá (PR) a partir da Base Aérea de Guarulhos (SP).

O velório dos corpos Campos, Percol e Severo será aberto ao público durante toda a madrugada. Lyra será velado e enterrado em um município da Grande Recife. A família de Valadares é de Sergipe. Por isso, o corpo dele seguiu para Aracaju, onde será sepultado, após a chegada em Recife. O corpo do piloto Martins será velado e enterrado em Maringá, enquanto o corpo do copiloto Cunha será sepultado em Governador Valadares. Os restos mortais de Martins e de Cunha também já chegaram ao seu destino final.

Às 10 horas, está prevista a celebração de uma missa campal pelo arcebispo de Recife e Olinda, dom Fernando Saburido, na Praça da República, em frente à sede do governo pernambucano.

Um caminhão aberto do Corpo de Bombeiros da Base Aérea do Recife faz o translado do corpo de Campos até o Palácio das Princesas. Carros funerários levarão os corpos de Percol, de Severo e de Lyra.

Na noite de sexta-feira (15), a pedido da família de Campos, foram feitas alterações no trajeto do cortejo fúnebre para que ele passe por bairros mais humildes da capital.  Com isso, o desfile seguirá por toda Avenida Mascarenhas de Moraes, passando pelo Largo da Paz. Entrará na Estrada dos Remédios, passando pelo bairro da Torre e chegando até a Avenida Norte finalizando no Palácio das Princesas. O trajeto de 22 quilômetros foi preparado no sábado com faixas, cartazes e banners em homenagem a Campos.

Além da presidente Dilma Rousseff, que concor re à reeleição pelo PT, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do presidenciável pelo PSDB, Aécio Neves, e de Marina Silva, 12 governadores já confirmaram presença nas cerimônias. Também são esperados ministros, parlamentares, prefeitos, vereadores, empresários e embaixadores.

0 comentários :

Postar um comentário