.

.

Curta o rei no Facebook

.

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Lula confirma vinda ao Maranhão para ato com Lobão Filho

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) confirmou que virá ao Maranhão até o dia 15 deste mês para reforçar no Estado a campanha para a reeleição da presidenta Dilma Rousseff (PT), do senador Lobão Filho (PMDB) para o governo estadual e do deputado federal Gastão Vieira (PMDB) ao Senado.

A confirmação da vinda de Lula ao Maranhão foi feita nesta segunda-feira (1º), pela coordenadora da campanha de Dilma Rousseff no estado, Benenice Gomes (PT), ao senador Lobão Filho (PMDB), candidato ao governo estadual pela coligação ‘Pra Frente, Maranhão’, durante reunião com lideranças do PT, diretórios regionais e municipais, de candidatos proporcionais da legenda. O encontro contou ainda com a participação de dirigentes das centrais sindicais e de sindicatos.

“Vamos unidos rumo a vitória. Vamos demonstrar que estamos coesos e que Lobão Filho é o único candidato do PT e de Dilma no Maranhão”, enfatizou Berenice Gomes. A dirigente nacional do PT conclamou toda a militância do PT para “não dormir nem de dia e nem de noite para assegurar a vitória do time completo: Dilma, presidenta; Lobão Filho, governador e Gastão Vieira, senador”.

As palavras de Berenice Gomes foram ratificadas pela secretária de Relações Internacionais do Governo da presidenta Dilma e militante histórica do PT, Vera Gomes.

“Lobão Filho não é A, B ou C. Sempre foi Dilma ao contrário do outro candidato que muda de coloração e de pele de acordo com as conivências. Ele é um traidor do projeto nacional de continuar a mudar a realidade do nosso país e consolidarmos todos os ganhos da classe trabalhadora. Ele tem que ser desmascarado”, declarou Vera Gomes.

Segundo dirigente petista que o inverno foi deles (do candidato do PCdoB), mas “a primavera é nossa com a eleição de Dilma, Lobão Filho e Gastão Vieira”.

Ao agradecer o entusiasmo e a confiança de vitória do PT e do PMDB no Brasil e no Maranhão, o senador Lobão Filho ressaltou que é um vitorioso, nunca perdeu uma eleição no Maranhão. “Sou coordenador da campanha do meu pai (ministro das Minas e Energia, Edison Lobão) há 32 anos. São quatro vitórias para o Senado, duas para deputado federal e uma para governador. Na última eleição foram quase dois milhões de votos”, contabilizou.

Lobão Filho destacou que ainda que o outro candidato tenta agora esconder que tem o apoio da presidenta Dilma por ela ter tido uma queda momentânea nas pesquisas e tenta colocar a sua imagem lado da candidata Marina Silva, depois de tentado enganar o cidadão maranhense que tinha o apoio de Dilma e de Lula.

“Ele que também já traiu a presidenta Dilma ao se aliar no passado a Aécio Neves. Hoje, ele também esconde Aécio por descer rio abaixo nas pesquisas, como esconde o seu candidato ao Senado, Roberto Rocha, vice prefeito de uma administração caótica, a de São Luís. O meu palanque sempre foi e sempre será único sejam em que condições forem. É da presidenta Dilma. Ela pode até ter somente 1% das intenções de votos”, disse em tom enfático o senador Lobão Filho sob aplausos da militância do PT.

“Nós vamos é com Lula e Dilma, E vamos vencer. Vamos continuar os avanços que já conquistamos. Lula tirou o Brasil da condição de terceiro mundismo e o colocou como uma potência mundial. Vamos avançar ainda como Dilma. E, vamos fazer do Maranhão um estado exemplo para o país”, finalizou Lobão Filho.

Senado – O deputado federal Gastão (PMDB), candidato ao Senado, mencionou que é preciso ter coerência política e não ficar mudando de lado ou coloração. “Sempre apoiamos o PT. Precisamos continuar com esse projeto que tirou da faixa de pobreza e colocou no mercado consumidor 45 milhões de brasileiros. Estou com Lobão Filho por que acredito em seu projeto e tenho convicção que o Maranhão vai trilhar rumo ao seu desenvolvimento econômico com muita justiça social”.

O presidente estadual do PT, Raimundo Monteiro, relatou que o partido vai agora intensificar em todo o Estado a campanha para eleição de Dilma, Lobão Filho e Gastão Vieira para o Brasil e o Maranhão não recuar e sim “continuar, de forma progressiva, avançando e consolidando as conquista do povo e dos trabalhadores no Brasil”.

0 comentários :

Postar um comentário