.

.

.

terça-feira, 14 de outubro de 2014

IMPERATRIZ - MPMA solicita relatório das atividades policiais dos últimos cinco anos para avaliar problemas e definir metas

Os promotores criminais Ossian Bezerra Filho e Domingos Eduardo da Silva visitaram as instalações do 1º Distrito Policial de Imperatriz na última quinta, 9, para pedir a relação dos casos registrados nos últimos cinco anos. A ação faz parte do controle externo da atividade policial, atribuição do Ministério Público, que tem como principal objetivo acompanhar e determinar ajustes necessários nas atividades dos centros de detenção. Uma outra finalidade é dar celeridade aos processos.

mini_mini_mini_mini_mini_mini_mini_mini_mini_mini_mini_mini_mini_PJ Imperatriz reduzDurante a inspeção, os promotores conversaram com o delegado regional, Francisco Assis Ramos, e pediram que as demais delegacias também fornecessem relatórios tanto dos casos registrados nos últimos cinco anos quanto dos que estão abertos por mais tempo para que o MPMA possa tomar medidas com relação aos problemas existentes. As delegacias têm 10 dias para enviar os dados ao MPMA.

LEVANTAMENTO

O titular da 2ª Promotoria de JUSTIÇA CRIMINAL, Ossian Bezerra, diz que as visitas são parte de um planejamento que o MPMA está fazendo para mapear a realidade das delegacias. Nas últimas semanas, os promotores criminais da comarca se reuniram para fazer um planejamento de visitas às delegacias, com o propósito de elaborar relatórios técnicos que tracem com precisão o quadro de casos nos centros de detenção.

"Nós pedimos que as delegacias encaminhassem a relação dos procedimentos que se encontram no estabelecimento, tais como inquéritos, termos circunstanciados de ocorrência e boletins de ocorrência. A partir deste levantamento, nós poderemos começar efetivamente a fazer as visitas técnicas, com dados em mãos para compararmos o que melhorou e o que piorou, na tentativa de sanarmos os problemas."

O promotor ressalta que somente após a coleta de dados, das inspeções mensais e das visitas técnicas semestrais, o Ministério Público do Maranhão poderá se posicionar diante dos problemas. "Após o levantamento, expediremos recomendações ao governo com o objetivo de sanar os problemas. De acordo com o andamento dos trabalhos, veremos qual a melhor forma de agir para melhorar o sistema policial."

Redação: Iane Carolina (CCOM MPMA)

0 comentários :

Postar um comentário