.

.

Curta o rei no Facebook

.

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Prefeitura de Açailândia celebra contrato com cooperativa de ônibus para fazer o transporte coletivo na cidade

Começa a operar a partir de hoje, dia 24 de dezembro, na cidade de Açailândia, a COOPOTUM – Cooperativa de Ônibus de Turismo do Maranhão, empresaresponsável pela exploração do transporte público coletivo do Município – O contrato foi assinado na data de ontem (23) e hoje pela manhã pelo menos 10 ônibus já foram disponibilizados para a sociedade.

pronta_thumb[1]

A contratação da cooperativa foi firmada através de uma dispensa de licitação proporcionada pelo decreto de emergência baixado pelo município, em virtude do abandono da empresa São Francisco antiga prestadora do serviço em Açailândia – O contrato tem validade de 180 dias, até que a prefeitura de Açailândia possa realizar  outro certame licitatório, ou até mesmo prorrogar o mesmo contrato.

A COOPOTUM está obrigado a partir da data de hoje (24) a disponibilizar uma frota de 15 ônibus em perfeito estado de conservação, com capacidade de no mínimo 36 passageiros sentados, dotados de todos os equipamentos obrigatórios exigidos por Lei; todos com elevadores para portadores de deficiência física – A tarifa a ser cobrada pelo empresa concessionária é de R$ 2,50 em contrapartida ao serviço prestado.

Em entrevista coletiva, na manhã de hoje (24), tanto o advogado da empresa Helóy Ribeiro, como o presidente da cooperativa Luis Valdo de Sousa Vieira, reforçaram os compromissos firmados em contrato com o Município de Açailândia. Presentes também na coletiva de imprensa, o Assessor Especial de Comunicação Wilton Lima e o Secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Gilson Menezes.

O itinerário que, segundo declarações do próprio presidente da cooperativa Luis Valdo de Sousa Vieira, poderá ser reforçado com o retorno das aulas, ficou determinado da seguinte forma: JARDIM DE ALAH/CENTRO; CAPELOSA/CENTRO; PEQUIÁ/CENTRO; VILA ILDEMAR/CENTRO; BAIRRO DO JACÚ/CENTRO.

Luis Valdo ainda declarou que já está sendo feito um estudo e uma conversação com a prefeita Gleide Santos, para que a empresa também possa atender a outros locais mais distantes como Novo Bacabal e Córrego Novo, bem como, alguns Assentamentos da Zona Rural.

0 comentários :

Postar um comentário