.

.

Curta o rei no Facebook

.

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Edivaldo Holanda pai vai ganhar R$ 20 mil para trabalhar dois dias em um mês

O pai do prefeito de São Luis, Edivaldo Holanda, é um homem que não pode reclamar da sorte. Foi eleito deputado pelo grupo Sarney em 2006, pulou para o barco do governador Jackson Lago, virou líder do governo na época, não se reelegeu em 2010, mas assumiu uma vaga na Assembleia Legislativa por obra e graças do então prefeito João Castelo.

Edivaldo-Holanda-paiDois anos depois, acompanhou o filho Holanda Júnior sendo eleito prefeito da capital, passou a ser o manda-chuva da prefeitura e agora em 2014 se elegeu novamente para um mandato de quatro anos como deputado estadual.

Ele iria assumir o mandato somente em 1º de fevereiro deste ano. Mas como tem se revelado um político que nasceu com aquele pra lua, o destino lhe favorece mais uma vez.

Holandão, como ficou mais conhecido depois que passou à condição de pai do prefeito de São Luis, ganhou um mês de mandato agora em janeiro com a posse de Neto Evangelista na Secretaria das Cidades do governo de Flávio Dino. Além de Holandão, o suplente Luciano Genésio também virou deputado tampão em lugar de Marcelo Tavares que assumiu a Chefia da Casa Civil.

Tanto Luciano Genésio quanto Holanda pai vão receber R$ 20 mil para não trabalhar. Ou melhor, talvez trabalhem apenas dois dias agora nesta semana quando o Palácio dos Leões espera que seu pacote de medidas seja aprovado em caráter extraordinário pela Assembleia Legislativa.

Genésio tem muitas contas da última campanha e com essa grana vai reduzir um pouco o débito. Holandão teve a ajuda da prefeitura na campanha e, portanto, não deve nada a ninguém.

E mais: pai e filho estão ficando conhecidos na cidade com a fama de que não gostam de pagar, nem as contas públicas.

Blog do Luis Cardoso

0 comentários :

Postar um comentário