.

.

Curta o rei no Facebook

.

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Moradores de Piquiá realizam assembleia geral

O objetivo é informar os moradores sobre o avanço no processo de reassentamento da comunidade

Nesse sábado (17) acontece a primeira assembleia do ano com os moradores de Piquiá de Baixo sobre o reassentamento da comunidade. O objetivo é esclarecer as dúvidas dos moradores e informar sobre os avanços no processo de reassentamento.

027 

Para muitos moradores há a sensação de que o reassentamento da comunidade Piquiá de Baixo está parado. De acordo a diretoria da Associação Comunitária dos Moradores de Piquiá (ACMP) houve muito trabalho nos últimos meses, o que resultou em avanços importantes.

As notícias mais recentes são de que no dia 17 de dezembro de 2014 a Caixa Econômica de São Luis aprovou definitivamente o projeto de reassentamento do Piquiá. A caixa deu parecer positivo nos departamentos jurídico, urbanístico e habitacional e técnico social. “Nós esperamos essa notícia por vários meses e ficamos muito realizados por ver que as coisas estão ocorrendo bem”, relatou dona Francisca, que compõe a diretoria da ACMP.

Nos últimos meses houve uma interação entre a Usina CTAH, empresa responsável pela elaboração do projeto urbanístico e habitacional do novo bairro, e a Caixa Econômica Federal. A assessoria da Presidência da Caixa Econômica Federal (Brasília) também já recebeu o projeto e garantiu a aprovação ainda nesse mês de janeiro.

Além disso, foi concluída a elaboração do projeto técnico social para Piquiá de Baixo.  Esse projeto vai garantir a realização de atividades de formação profissional, política, cultural e esportiva aos moradores do bairro. As atividades de formação ocorrerão antes, durante e após a construção do novo bairro.

A assembleia geral dos moradores de Piquiá vai repassar detalhadamente todas essas informações os moradores que serão contemplados pelo reassentamento. Vai enfatizar que os trabalhos não estão parados e que houve um relevante posicionamento institucional, garantindo a continuidade.

O objetivo da assembleia é também de orientar os moradores sobre a próxima etapa no processo de reassentamento. Agora vai iniciar o levantamento individual de cada morador e as assinaturas dos mesmos, através de mutirões com a parceria da Caixa Econômica Federal de Açailândia. 

            A assembleia geral dos moradores vai acontecer no bairro Piquiá de Baixo, na Assembleia de Deus, sediada na Rua Jerusalém, amanhã (17) às 17h.

Rede Justiça nos Trilhos

0 comentários :

Postar um comentário