.

.

Curta o rei no Facebook

.

sábado, 10 de janeiro de 2015

Wellington do Curso no cenário da sucessão da Capital

De O Estado –
O deputado estadual eleito Wellington do Curso (PPS) garantiu ontem que vai disputar as eleições de 2016 como candidato a prefeito. Ele reafirmou que seu compromisso é com a posição de Eliziane Gama no partido, mas trabalhará caso ela não se viabilize ou deixe o PPS.

wellington“Vou respeitar a candidatura de Eliziane Gama, mas, se ela recuar ou deixar o partido, serei o candidato. E se o PPS não me der legenda, disputarei por outro partido”, declarou o parlamentar, em entrevista a O Estado.

Wellington do Curso disse que, como presidente municipal do PPS, vai trabalhar para viabilizar a deputada Eliziane. Para ele, a popular-socialista tem todas as condições de representar a legenda nas eleições de 2016. Mas, se a deputada deixar o partido ou não ser candidata, por uma ou outra questão, ele entrará na disputa.

“Tenho legitimidade para concorrer a prefeito, assim como qualquer membro do PPS. E, como presidente do diretório municipal, vou defender que a legenda tenha candidatura própria”, disse ele.

O deputado do PPS não comentou sobre a presença de membros do PPS na administração do prefeito Edivaldo Júnior (PTC), mas deixou claro que não vai se submeter a acordos políticos que visem atrelar o partido a outras candidaturas. “Se perceber que não terei legenda até setembro deste ano, buscarei uma nova legenda para trabalhar o projeto de candidatura em 2016″, afirmou o deputado estadual.

Wellington do Curso assume em fevereiro uma vaga na Assembleia Legislativa. A princípio, ele pretendia abrir um debate sobre candidatura alternativa à presidência da Casa. Mas preferiu recuar e se preparar para a eleição municipal seu projeto eleitoral mais próximo, seja como apoiador da candidatura de Eliziane Gama, seja como candidato a prefeito.

0 comentários :

Postar um comentário