.

.

Curta o rei no Facebook

.

sábado, 28 de março de 2015

SER JUIZ– por André Bogéa Pereira Santos

“Vejo-me compromissado em ser correto, justo, eficiente e célere. Preocupo-me com o jurisdicionado e tendo perceber seus dramas. Busco fazer uso dos instrumentos jurídicos à disposição para desconstruir as espirais do conflito e solucionar as demandas por completo”.Assim se define o juiz André Bogéa Pereira Santos, para quem “submeter-se a Deus, trabalhar, ter coragem e determinação” é o caminho para o sucesso.

André Bogéa ESSA

Confira a entrevista:

QUEM É ANDRÉ BOGÉA PEREIRA SANTOS ?

Nasci em São Luís, onde estudei boa parte do primeiro e segundo graus. Formei-me em Direito pela Universidade Federal do Maranhão. Fui servidor público, advogado e ingressei na magistratura no ano de 2003. Sempre que possível, exerço o magistério, na área do Direito. Sou cristão, o que, penso, define praticamente todo o mais.

QUEM É ANDRÉ BOGÉA PEREIRA JUIZ?

Creio que o desempenho profissional de cada um tende a refletir, de certa maneira, os princípios e valores apreendidos em sua formação. Vejo-me compromissado em ser correto, justo, eficiente e célere. Preocupo-me com o jurisdicionado e tendo perceber seus dramas. Busco fazer uso dos instrumentos jurídicos à disposição para desconstruir as espirais do conflito e solucionar as demandas por completo.

POR QUE ESCOLHEU O DIREITO?

Foi um processo natural. Gosto de outras áreas do conhecimento. Pude testar, pois durante certo tempo cursei Engenharia Civil e Direito. Percebi o que seria vocação. Hoje, estou satisfeito com a escolha.

PARA VOCÊ, O QUE REPRESENTA A MAGISTRATURA

Como cidadão, um valor essencial para a boa saúde da República e da sociedade, sem a qual mesmo os direitos e as garantias fundamentais, cedo ou tarde, seriam sacrificados. Como magistrado, uma responsabilidade tamanha que impõe vigilância e dedicação constantes para desempenhar da melhor forma imaginada a tarefa de julgar o próximo.

EM QUAL COMARCA ESTÁ NO MOMENTO E HÁ QUANTO TEMPO?

Na Comarca de Açailândia, 2ª Vara Cível. Há aproximadamente seis anos.

ALÉM DA FUNÇÃO JUDICANTE, QUE AÇÕES DESENVOLVE NA COMARCA?

Minha prioridade é julgar melhor e mais rápido as demandas traduzidas nos autos dos processos, inclusive com a redução do respectivo acervo. Busco também atender a convocações para mutirões, como o Pauta Zero. Satisfeito esse objetivo principal, procuro contribuir de outras formas para que as pessoas possam usufruir ainda mais do exercício pleno da cidadania.

Como evento de maior visibilidade, há os Casamentos Comunitários (um projeto instituído em todo Estado pelo Des. Jorge Rachid Mubárack Maluf, quando Corregedor-Geral da Justiça do Maranhão). Em Açailândia, já faz parte do calendário do Judiciário, é realizado anualmente, se encaminha para sua 6ª edição consecutiva e envolve o trabalho de todos os juízes e servidores da Comarca, com contribuição decisiva de juízes convidados de outras Comarcas do Estado. As últimas edições têm sido realizadas com eventos múltiplos, um para cada município.

Mantenho abertos canais de comunicação com a comunidade, seja pelos veículos de comunicação (quando necessário), seja por atendimentos diretos ao cidadão ou ainda por audiência pública.

COMO VÊ A ATUAÇÃO DO JUDICIÁRIO NESTA COMARCA?

A Comarca de Açailândia conta com seis juízes de direito e atende três municípios (Açailândia, Cidelândia e São Francisco do Brejão), bem como uma população total de mais de 140.000 habitantes.

Ainda que diante da capacidade de trabalho saturada, sou testemunha do incessante esforço de magistrados e servidores para, superando os mais variados obstáculos, prestar o melhor serviço possível, o que, não raro, significa trabalho aos finais de semana e feriados forenses, resultando em intensa diminuição do acervo processual.

Marcas registradas de Açailândia também são o trabalho em equipe e o foco nas necessidades da população que procura o Judiciário.

COMO CUIDA DA SAÚDE?

Sempre que posso, faço exercícios físicos, alimento-me bem, fico próximo da minha família e tento exercitar um lazer.

CAMINHO PARA O SUCESSO É?

Submeter-se a Deus, trabalhar, ter coragem e determinação.

HOBBY?

Ler, sobre tudo.

LIVRO PREDILETO?

O predileto, a Bíblia. Depois, gosto de Umberto Eco, Alexandre Dumas e Machado de Assis, Ezra Pound e Carlos Drummond de Andrade, Arthur Schopenhauer e Immanuel Kant, Winston Churchill e Marco Antonio Villa, dentre outros.

FILME QUE GOSTA E POR QUÊ?

Gosto de muitos. Por exemplo, Corajosos (de Alex Kendrick) e Intocáveis (de Eric Toledano e Olivier Nakache), dos mais recentes. E também Cidadão Kane (de Orson Welles) e A Paixão de Cristo (de Mel Gibson). A boa narrativa das aventuras do ser humano rumo ao conhecimento e ao autoconhecimento fazem convite irrecusável.

MANIA…

Organização. Mas acho que não chega a ser uma mania.

O MELHOR DA VIDA É…

Ter comunhão com Deus e viver os bons momentos com a família e os amigos.

FAMÍLIA É…

Um tesouro inestimável.

O QUE VALORIZA NOS OUTROS?

A boa intenção.

O QUE NÃO GOSTA NOS OUTROS?

Má intenção.

SONHO…

Testemunhar e legar um país e mundo melhores para nossos filhos.

(Da assessoria do TJ/MA)

1 comentários :

  1. Admiro muito esse juiz, não é de hoje. Acompanho suas acões no judisciário e tenho-o como exemplo de profissional e ser humano. Deus o proteja sempre.

    ResponderExcluir