.

.

Curta o rei no Facebook

.

domingo, 3 de maio de 2015

Deputado Marco Aurélio encaminha demandas do setor siderúrgico de Açailândia ao governo do Estado‏

O deputado estadual, Professor Marco Aurélio (PCdoB), usou a tribuna da Assembleia Legislativa, na manhã desta terça-feira (28), para tratar da crise da siderurgia maranhense. Atualmente, o Maranhão possui seis guserias (cinco destas localizadas na cidade de Açailândia).

IMG-20150429-WA0010

O parlamentar destacou visita que fez na última semana à cidade de Açailândia, onde integrou a comissão especial que tem a missão de ajudar as siderúrgicas maranhenses a atravessar a crise de mercado. Ao lado dos deputados Júnior Verde (PRB) e Vinícius Louro (PR), Marco Aurélio visitou as cinco maiores empresas do ramo com o intuito de conhecer o funcionamento das atividades e ouvir as principais reivindicações de trabalhadores e funcionários.

O deputado falou ainda sobre a importância do setor para o desenvolvimento econômico do país. “A siderurgia é uma das principais ferramentas para o nosso desenvolvimento. Emprega milhares de pessoas no Maranhão e tem um papel fundamental para nossa economia, porém, vem sofrendo com o conturbado cenário internacional e a queda no preço do ferro gusa, fatores que têm dificultado a venda têm e contribuído para prejuízos crescentes. Com a ameaça de fechamento das cinco guserias em Açailândia, podemos ter uma perda de 2.500 postos de trabalho direto.” Afirmou.

IMG-20150429-WA0031Marco Aurélio destacou também o papel do governo do estado na busca de superação desta crise. “Primeiro devemos compreender que esta não é uma crise instalada pelo governo do Estado e a solução também não está no governo do Estado, mas que o mesmo pode ser um parceiro das empresas e dos trabalhadores neste momento de crise.” Pontuou.

Como exemplo de atuação do executivo estadual, Professor Marco Aurélio citou a questão do licenciamento operacional e dos créditos de ICMS para as empresas do ramo. “Já estive em audiência com os secretários de Meio Ambiente, Marcelo Coelho, e de Fazenda, Marcellus Ribeiro, discutindo a importância destes pontos.” Reforçou o parlamentar.

Com Marcelo Coelho, o deputado destacou que a liberação dos licenciamentos é o primeiro passo para que empresas possam buscar créditos para expansão e refinanciar suas dívidas. O secretário de imediato se comprometeu a realizar uma força tarefa para agilizar a liberação dos licenciamentos.

Quanto aos créditos de ICMS, o secretário de Fazenda, Marcellus Ribeiro destacou que irá elaborar um cronograma para o pagamento dos mesmos, algo que até então era resolvido exclusivamente por meio de ações judiciais. O presidente do presidente do sindicato das Indústrias de Ferro Gusa do Maranhão – SIFEMA, Cláudio Azevedo, participou das reuniões e agradeceu o esforço do deputado Marco Aurélio.

0 comentários :

Postar um comentário