.

.

Curta o rei no Facebook

.

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Pref. de Açailandia Inaugura Iluminação da BR-222, perímetro urbano

A Prefeitura Municipal de Açailandia, através da Secretaria de Infraestrutura e Departamento de Iluminação Pública, realizou no inicio da noite desta quarta-feira (20), a inauguração da Iluminação da BR-222 (perímetro urbano de Açailandia).
Compareceram ao ato, a imprensa local (Rádios, TV´s, Jornais Impressos, Blog´s, secretários municipais, advogados que compõem a procuradoria do município, empresários, além de uma grande quantidade de pessoas da comunidade, que foram prestigiar o evento.

Iluminação BR-222 3
Iluminação da BR ajudará minimizar os acidentes
A instalação dos novos postes com luminárias especiais custou cerca de R$ 170.000,00 (cento e setenta mil reais) para os cofres do município, segundo a prefeitura. A obra que era uma reivindicação antiga foi concluída em tempo recorde. O trabalho foi iniciado há pouco mais de um mês e já foi entregue a população.

Para todos aqueles que reclamavam da escuridão e pouca visibilidade no local, agora a realidade é completamente diferente, pois no trecho da rodovia a ‘ESCURIDÃO’ predominava. Com a instalação das luminárias irá melhorar a vida dos condutores que transitam pelo local todas as noites.

“A Secretaria de Infraestrutura através do Departamento de Iluminação Pública tem trabalhado arduamente, de forma incansável, sem poupar esforços, no sentido de promover as devidas benfeitorias para nossa população, que acredita em nossa gestão”, disse Edivaldo Mendonça, Sec. de Infraestrutura.

Ensejando o momento, Edivaldo lembrou também de uma obra quase do mesmo porte, inaugurada recentemente na sede do município. “O primeiro serviço desta natureza foi na Av. Alexandre Costa, uma importante via de acesso que liga a BR-222 ao Residencial Tropical, Vila João Paulo II e Grande Vila Ildemar. Além destas avenidas já mencionadas, em breve mais pontos da cidade também irão receber mais benefícios de iluminação, desta maneira implantando outras ações necessárias”, concluiu Edvaldo.

1 comentários :