.

.

Curta o rei no Facebook

.

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Sindicato dos Produtores Rurais Realiza Seminário de Sensibilização PRADAM

O Seminário aconteceu e contou com a participação efetiva dos produtores rurais. O Projeto de Recuperação de Áreas Degradadas na Amazônia – PRADAM tem com o objetivo difundir os princípios e tecnologias de produção sustentável no bioma amazônico. Serão realizados eventos no Acre, Amazonas, Mato Grosso, Maranhão, Pará e Rondônia e uma capacitação para técnicos de assistência técnica com 160 horas aula.
SINPRA 1“Falarei sobre degradação de pastagem, que é uns dos maiores problemas existente, pois o produtor deixa de ganhar, e o mesmo sequer consegue perceber isso, assim viemos aqui alertar sobre a problemática, e mostrar as soluções através das tecnologias para a recuperação do solo,que oferecem o aumento da produção e a diminuição dos custos”,concluiu José Mario Frazão Palestrante e Pesquisador da EMBRAPA.
O Presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Açailândia destacou importância do Seminário para os produtores. “Trará muitos resultados, pois a conscientização do PRADAM, é de grande importância, não só do ramo rural como também do agronegócio, isso irá beneficiar o produtor, os professores, e também os empresários, porque é uma forma de nos incentivar”,afirmou Paulo Lira, Presidente do SINPRA
A Secretaria de Agricultura de Açailândia é parceira do SINPRA. “Esse seminário é de suma importância, tendo em vista que a nossa região necessita muito, e iremos manter a parceria de forma direta e efetiva em assistência, com o incentivo para o melhor andamento da produção e crescimento do produtor e consequentemente para o nosso município”, salientou Whostington Carvalho, Secretário de Agricultura de Açailândia.
Segundo o Superintendente do SEMAR, o processo de conscientização continuará dando andamento a capacitação dos produtores. “Após esse evento, faremos outras formações que virão posteriormente, e na oportunidade faremos a capacitação dos técnicos, onde o SEMAR irá prestar assistência técnica para os produtores da região, de que forma possamos transformar o programa no impulsor para a sustentabilidade”.

0 comentários :

Postar um comentário