.

.

Curta o rei no Facebook

.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Juscelino Oliveira é empossado como prefeito reeleito de Açailândia

img_3911

Já era aproximadamente 3 horas da manhã de domingo (01), quando a nova mesa diretora da Câmara Municipal empossou o prefeito reeleito Juscelino Oliveira e seu vice, Aluísio Silva Sousa, para o mandato de 2017-2020.
O ato se deu após a leitura do termo de posse feita pelo 1° secretário, vereador Heliomar Laurindo: “Prometo cumprir a Constituição Federal, a Constituição Estadual e a Lei Orgânica Municipal, observar as leis, desempenhar o mandato que me foi confiado e trabalhar pelo progresso do município e bem estar do meu povo”. Ao final Juscelino afirmou: “assim o prometo”. Após o juramento, a faixa de prefeito municipal foi entregue pela primeira dama, Josélia Santos.
O vereador Marquinhos ao fazer uso da tribuna lembrou da árdua tarefa da Câmara no processo de cassação da ex-prefeita Gleide Santos, onde foram criticados no início, porém após um certo período a população reconheceu o trabalho dos edis, que culminou com a posse de Juscelino.
Já o prefeito, em seu pronunciamento, agradeceu aos mais de 33 mil eleitores que confiaram nele o dever de conduzir o executivo municipal no próximo quadriênio. Oliveira também destacou todo apoio recebido de seu vice, o ex-vereador de cinco mandatos Aluísio, e de sua família.
“Estou imensamente grato ao povo de Açailândia que me deu 33.652 votos, a maior votação já dada a um prefeito neste município. Isto aumenta meu compromisso e responsabilidade para com esta cidade. Agradeço meu amigo Aluísio e sua família, as equipes de campanha e da administração, e a minha família, especialmente minha esposa, que está ao meu lado há 28 anos”, destacou.

1 comentários :

  1. ¯\_(ツ)_/¯ ©

    2017

    Viva 2016!

    Em 2016 houve fato fabuloso sim, apesar de Vanessa Grazziotin falar que não, dessa forma equivocada assim:

    “O ano de 2016 é, sem dúvida, daqueles que dificilmente será esquecido. Ficará marcado na história pelos acontecimentos negativos ocorridos no Brasil e no mundo. Esse é o sentimento das pessoas”, diz Grazziotin.

    Mas, por outro lado, nem que seja apenas 1 fato positivo houve sim! É claro! Mesmo que seja, somente e só, um ato notável, de êxito. Extraordinário. Onde a sociedade se mostrou. Divino. Que ficará na história para sempre, para o início de um horizonte progressista do Brasil, na vida cultural, na artística, na esfera política, e na econômica.

    Que jamais será esquecido tal nascer dos anos a partir de 2016, apontando para frente. Ano em orientação à alta-cultura. Acontecimento esse verdadeiramente um marco histórico prodigioso. Tal ação acorrida em 2016 ocasionou o triunfo sobre a incompetência. Incrementando sim o Brasil em direção a modernidade, a reformas e mudanças positivas e progressistas. Enfim: admirável.

    Qual foi, afinal, essa ação sui-generis?

    Tal fato luminoso foi o:

    — «Tchau querida!»*

    [ (*) a «Coração Valente©» do João Santana; criada, estimulada e consumida. Uma espécie de Danoninho© ‘vale por um bifinho’. ATENÇÃO: eu disse Jo-ã-o SAN-TA-NA].

    Eis aí um momento progressista, no ano de 2016. Sem PeTê. Sem baranguice. Sem política kitsch do Petismo.

    A volta de decoro ao Brasil.

    Feliz 2017 a todos.

    ResponderExcluir