.

.

Curta o rei no Facebook

.

segunda-feira, 17 de abril de 2017

parentes e amigos de JOSIAS ANTUNES FIGUEIREDO assassinado em Açailândia clamam por JUSTIÇA.




JOSIAS ANTUNES FIGUEIREDO foi morto a tiros, quando estava fechando o portão de sua residência localizada na Avenida Bernardo Sayão, o assassinato aconteceu na noite do último domingo, 09/04/2017.

O Assassinato de JOSIAS ANTUNES FIGUEIREDO completa amanhã domingo, 16/04, uma semana e a família clama por JUSTIÇA pede elucidação do crime. Em conversa com um dos irmãos da vítima que preferiu não se identificar, reforçou que acredita no trabalho da POLÍCIA CIVIL e também no trabalho da JUSTIÇA dos homens, mais acredita que a JUSTIÇA DIVINA não falha e também ressaltou que ninguém da família tem o pensamento de fazer JUSTIÇA com as próprias mãos...mais que não vão deixar o HOMÍCIDIO cair no esquecimento. Uma semana após o crime, nenhum suspeito foi preso.

JOSIAS ANTUNES (O PEL) foi executado a tiros na Avenida Bernardo Sayão, próximo ao Sindicato dos Trabalhadores, nas proximidades da Praça da Bíblia, havia um carro estacionado na porta da casa dele, e quando JOSIAS ANTUNES FIGUEIREDO foi fechar o portão para dormir foi alvejado por tiros. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Ainda muito abalados com a morte, a esposa e familiares contaram que vão lutar para ver a JUSTIÇA sendo feita. “ Estamos todos sofrendo uma forte dor sem saber quem são os culpados (mandantes) e o motivo dele ter sido morto. Merecemos paz de espírito. Confiamos na JUSTIÇA do DEUS ETERNO e temos certeza que o caso será elucidado”, finalizou o irmão da vítima.


Blog Folha de Cuxá

0 comentários :

Postar um comentário