.

.

Curta o rei no Facebook

.

terça-feira, 18 de julho de 2017

Polícia Civil recupera objetos e apreende acusados de arrombamento


Na ação policial foi conduzida uma terceira pessoal/uma mulher que está sendo acusada de receptação identificada como; Gessane dos Santos da Silva, 29 anos, a Polícia Civil está à procura de uma 4ª quarta pessoa identificada como; Ronaldo de Sousa Monteiro, 24 anos, também acusado de envolvimento na receptação dos objetos. A Polícia Civil recuperou 1 um aparelho Notebook, 1 receptor de antena parabólica, 6 spinners de mão (spinner brinquedo triângulo), 13 relógios de pulso, 2 aparelhos celular, 1 óculos de sol, 1 HD externo, 1 aliança de ouro, 1 fone de ouvido, 9 cartões de memória, 4 pen-drives, 2 carteiras de bolso, 1 controle remoto e aproximadamente R$ 2.020,00 dois mil e vinte reais em cédulas.



A Polícia Civil de Açailândia comandada pelo Delegado Regional Murilo Lapenda através dos (Investigadores; Ulisses, Wallace Costa e Frasão) apreendeu na tarde desta segunda-feira (17/07/2017), três pessoas acusadas de participação no arrombamento à um estabelecimento comercial localizado na Vila Ildemar, foram conduzidos até a carceragem da 9ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Açailândia; Augusto César dos Santos, 18 Anos (acusado de dar suporte), o menor das iniciais; L. D. S. P. de 16 anos, que ao ser interpelado pelos policiais assumiu ser um dos autores do arrombamento, ocorrido na madrugada do último domingo 16 de junho/2017.

De acordo com a Polícia Civil, diante das provas apresentadas, o menor infrator confessou a autoria do crime, o que teria feito com o apoio do seu comparsa Augusto César. Todo material subtraído foi recuperado pela equipe de investigadores da policial civil e será devolvido aos seus respectivos proprietários. Já o menor L. D. S. P de 16 anos responderá por ato infracional, em procedimento compatível com o que dispõe o ECA. Augusto César e a Gessane dos Santos serão ouvidos pelo Delegado Regional e posteriormente deverão ficar à disposição da Justiça.

0 comentários :

Postar um comentário