.

.

Curta o rei no Facebook

.

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Comissão do MEC avalia implantação do curso de medicina por universidade particular na cidade de Açailândia.



O Ministério da Educação e Cultura (MEC) esteve durante três dias na cidade de Açailândia para a segunda etapa do processo para implantação do curso particular de medicina no município. A cidade passou em um edital promovido pelo MEC.

Segundo o médico Dr. Adhemar Dias Figueredo, representante da CAMEM – Comissão de Avaliação e Monitoramento de Escolas Médicas, sendo a cidade positivada nessa segunda fase, parte-se para a terceira que é a avaliação das possíveis universidade particulares que se interessem em trazer o curso. "A terceira e última fase é das escolas que querem vim ver as estruturas e, enfim, tudo para que possa haver esse curso na cidade", afirmou Dr. ADhemar.

Os avaliadores visitaram hospitais, unidades de saúde, maternidade e demais órgãos ligados à saúde, não só em Açailândia, mas em grande parte da regional.
Em uma reunião no gabinete do prefeito Juscelino Oliveira (PCdoB), realizada na manhã de ontem (06), foi apresentado aos avaliadores Dr. Adhemar Figueredo e o Dr. Júlio Césa Almeida, um vídeo com todas as potencialidades econômicas de Açailândia, bem como a estrutura da saúde do município e da região.

O prefeito Juscelino Oliveira, disse que a prefeitura não está medindo esforços para trazer o curso. "Estamos muito felizes, mas não queremos criar expectativas, no entanto, ficamos muito otimistas com a prévia avaliação pela qual passou o município, o que nos deixa muito felizes com a implantação do curso de medicina em nossa cidade, para que assim então nossos médicos possam se formar na nossa cidade e permaneçam na nossa cidade", afirmou.

A prefeitura participou em 2017 de um edital do Mec para implantação do curso de medicina de forma privada na cidade e foi selecionada.

Para firmar ainda mais o compromisso regional na implantação de um curso de medicina na cidade de Açailândia, na manhã de hoje (07), no auditório da Secretaria Municipal de Educação de Açailândia, foi realizada uma reunião entre os avaliadores do MEC e a comissão gestora da regional composta por representantes dos municípios de Açailândia (SEDE). Bom Jesus das Selvas, Buriticupú, Cidelândia,São Francisco do Brejão, São Pedro da Água Branca, Vila Nova dos Martírios e Itinga do Maranhão.

Visitas

São três dias de visitas em cada município, por meio das quais as comissões de monitoramento avaliam as condições para o funcionamento da instituição, do campus ou do curso, bem como a rede de saúde local.

Também é verificado o cumprimento, pela mantenedora e pela mantida, dos termos da proposta selecionada e do que foi pactuado no termo de compromisso.

Por fim, a comissão emitirá relatório indicando se a instituição está apta em ofertar o curso ou se há necessidade de eventual saneamento ou adaptação das condições apuradas.
A comissão de monitoramento é composta por especialistas em educação médica da Comissão de Acompanhamento e Monitoramento de Escolas Médicas (Camem) e por integrantes do Banco de Avaliadores (BASis) do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

0 comentários :

Postar um comentário