.

.

.

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Empresários da Vila Ildemar aprovam projeto de empreendedorismo desenvolvido pelo Sebrae na área



Açailândia – O Sebrae Maranhão, por meio da Unidade Regional em Açailândia, comemora os resultados obtidos com projeto Desenvolvimento Econômico Territorial (DET) – Vila Ildemar, que encerra o ciclo de atendimentos e ações iniciados em 2016 com o objetivo de desenvolver os pequenos negócios da área mais populosa do município por meio de um acompanhamento focado em gestão, inovação, acesso a novos mercados e serviços financeiros. Em recente pesquisa que mediu o grau de satisfação das empresas atendidas o projeto foi avaliado com 96% de satisfação. “O objetivo do DET foi dinamizar as empresas locais, gerando um fortalecimento da economia na Vila Ildemar, aumentando assim a competitividade do território ao criar um ambiente favorável aos pequenos negócios. Para nós do Sebrae, é muito satisfatório saber que aqueles que desejaram, com o nosso apoio, se tornaram empreendedores mais capacitados e puderam alavancar seu negócio”, avalia o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins.Durante dois anos de execução, as ações do DET transformaram a vida de inúmeros empreendedores, como o casal Antônio e Marly Faccio, moradores da Vila Ildemar, onde há sete anos trabalham com a produção de hortaliças. “Estamos muito satisfeitos com os resultados dessa parceria, tanto para nós como para a associação a qual estamos vinculados. Nossa produção cresceu em torno de 40% e a gestão do nosso negócio tem sido mais organizada”, agradeceu Marly Faccio. No período, o balanço de ações ofertadas pelo Sebrae, por intermédio do DET, envolveram 160 empreendimentos locais, resultando em 1.180 orientações, 16 palestras, 31 cursos, 17 oficinas, 736 horas de consultorias e duas missões técnicas.  A Vila Ildemar, bairro mais populoso da cidade, com mais de 40 mil habitantes, recebeu nesses dois anos, capacitações específicas para o público de empresários do setor do comércio, economia criativa e social e horticultores.  Parcerias com a Vale e a prefeitura municipal, possibilitaram a mobilização e a abrangência do público-alvo. A parceria com a mineradora Vale, beneficiou mais de 80 agricultores vinculados à Associação dos Criadores de Frango e Hortifrutigranjeiros de Açailândia (ACFHA), que ao final do projeto, receberam a doação de 10 barracas de feira, que contemplará 20 associados. “Investir em projetos que movimentam a economia local contribuem diretamente para o desenvolvimento do município e, mais que isso, possibilita aumento na renda dos participantes criando novos caminhos para melhorar a qualidade de vida das famílias. É com esse olhar que buscamos atuar em Açailândia e outras localidades onde temos operação”, explicou a gerente de Relacionamento com Comunidades, Andreia Andrade. Em pesquisa realizada com 71 empreendimentos atendidos pelo projeto, os índices mostram a satisfação de 96%, comprovando assim, a efetividade das ações formuladas para atender a demanda local. Os serviços ofertados pelo Sebrae foram: orientação empresarial, palestras, seminários, oficinas, cursos, consultorias, realização de feiras e outros eventos. Destacando-se em uma das ações, a Oficina Sebrae de Empreendedorismo, (OSE), que em junho de 2016, reuniu em cinco dias, mais de 400 participantes na Vila Ildemar, oferecendo mais de 436 orientações, 108 consultorias prestadas e 16 palestras. Para a presidente da ACFHA, Natália Viana, a parceria com o Sebrae, possibilitou um novo jeito de conduzir a associação. “O Sebrae e os parceiros que estiveram conosco nos conduziram de maneira clara, objetiva e dando todo o apoio nessa questão de gestão. Somos hoje uma associação de referência na região, com mais de 100 associados. Cumprimos o nosso papel de ser essa base e de orientar os pequenos produtores aqui da Vila e dos bairros vizinhos”, enfatizou Natália.

Incentivo a novos mercados

A cerimônia de encerramento do projeto, realizada no último dia 09, no auditório do Sebrae em Açailândia, foi marcada pela entrega de 10 barracas de feira, doadas à Associação dos Criadores de Frango e Hortifrutigranjeiros de Açailândia (ACFHA) – MA. As barracas padronizadas são fruto da parceria que envolveu o Sebrae, a ACFHA, Vale, prefeitura municipal e o banco Sicoob, que juntos forneceram gratuitamente as barracas aos produtores. Foram contemplados 20 associados, dois produtores por barraca, que terão a oportunidade de expor e comercializar seus produtos aos sábados, na feira livre do bairro Vila Ildemar, e aos domingos, nas proximidades do Mercado Municipal. A comercialização inicia no próximo dia 24.Participaram deste momento, o gerente interino do Sebrae em Açailândia e responsável pelo projeto DET, Rodrigo Lucena, a presidente da ACFHA, Natalia Viana, o secretário municipal de Agricultura, Oscar Fernando Oliveira, a analista de relações com comunidades da Vale, Nathália Andrade, o diretor do Departamento Municipal de Trânsito, (DMT), Saulo Gigante e os associados beneficiados pela ação. Para Marta Aquino, umas das produtoras contempladas, a doação das barracas trará um incentivo importante para a agricultura familiar. “Teremos um lugar adequado para comercializar o que produzimos em nossas hortas. Trabalharemos com mais qualidade e tudo isso graças ao Sebrae, que vem proporcionando essa oportunidade”, agradeceu Marta. O casal de produtores rurais, Antônio e Marly Faccio, também foram beneficiados com a doação das barracas e mostraram-se agradecidos com a oportunidade. “Aprendemos bastante com as capacitações que recebemos e agora comemoramos os resultados e as oportunidades que ainda virão”, disse Marly Aparecida Faccio.“A entrega das barracas é a materialização de um movimento de promoção do acesso desses produtores ao mercado. Esperamos que a a partir dessas 10 barracas possamos contribuir para que outros parceiros cheguem e também apoiem a associação a ampliar sua atuação e assim contribuam com o desenvolvimento da agricultura familiar em Açailândia”, complementou o gerente interino do Sebrae em Açailândia e gestor responsável pelo projeto, Rodrigo Lucena.O secretário municipal de agricultura, Oscar Fernando Oliveira, é um dos incentivadores do projeto, e reconheceu o apoio do Sebrae para a realização desta feira. “Pela primeira vez teremos uma feira livre da agricultura familiar, e isso vai impactar diretamente em nossa economia, ao gerar emprego e renda para a população. Se não fosse a parceria, consultorias e capacitações do Sebrae, não estaríamos nesse momento realizando essa entrega que já se torna histórica para o município, quanto ao incentivo à agricultura familiar”, concluiu Oliveira. A feira da agricultura familiar acontecerá todos os sábados na Vila Ildemar, a partir do dia 24 de fevereiro, e aos domingos, nas proximidades do Mercado Municipal, a partir do dia 25 deste mês, no período de 5h às 13h e ofertará verduras, legumes, folhagens, entre outros produtos.

0 comentários :

Postar um comentário