.

.

.

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Ministério do Meio Ambiente faz vistoria no Programa Integrar


Visita Meio Ambiente Espaço Laboral

Duas assessoras do Ministério do Meio Ambiente visitaram, nesta sexta-feira, 11, a Procuradoria Geral de Justiça para conhecer com detalhes o funcionamento do Programa Integrar, que está inscrito no 7º Prêmio da Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P), na categoria “Qualidade de vida no ambiente de trabalho”.

Teresa Cristina Moraes da Silva e Isabela Cabral de Lima foram recebidas pelos promotores de justiça Marco Antonio Santos Amorim (diretor da Secretaria para Assuntos Institucionais), Raimundo Nonato Leite (diretor da Secretaria de Planejamento e Gestão) e pelos servidores Lurian Valinhas e Lucas Duailibe, que integram a Comissão de Sustentabilidade, presidida pelo procurador de justiça Marco Antonio Anchieta Guerreiro. O diretor-geral da PGJ, Emmanuel Soares, também participou do encontro.

O prêmio foi criado pelo Ministério do Meio Ambiente, em 2009, e tem como objetivo dar visibilidade às iniciativas de responsabilidade socioambiental implementadas na administração pública e estimular a replicação das ações bem-sucedidas, reconhecendo o mérito das atividades promovidas pelos órgãos públicos na prática da A3P durante o ano de 2017.

O Programa Integrar foi lançado em dezembro de 2016 pelo procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho, e tem como foco a criação de uma cultura sustentável dentro do Ministério Público do Maranhão, baseada em seis eixos de atuação: uso racional dos recursos naturais e bens públicos; gestão adequada dos resíduos gerados; qualidade de vida no ambiente de trabalho; sensibilização e capacitação dos servidores; licitações sustentáveis; obras e reformas sustentáveis.

Na visita, a Comissão de Sustentabilidade relatou as ações já desenvolvidas pelo Programa Integrar. Foram enfatizadas a adesão do MPMA à Ecoliga, que reúne um grupo de instituições públicas que adotaram o compromisso com a sustentabilidade em suas gestões; a campanha pela redução do uso de copos descartáveis; atividades em favor da qualidade de vida no trabalho; doação de mudas de plantas para membros e servidores; o projeto Desafio Sustentável, que visa à economia dos consumos de energia elétrica e água; coletiva seletiva de resíduos, em parceria com a Cemar; a implantação da Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) no MPMA; programa de licitações sustentáveis e compras compartilhadas, entre outras ações.

Ao final da reunião, as assessoras do Ministério do Meio Ambiente foram levadas pela Comissão de Sustentabilidade para conhecer diversas instalações do prédio da Procuradoria Geral de Justiça e verificar in loco o funcionamento das atividades que integram o Programa Integrar.

0 comentários :

Postar um comentário